Tratar varizes no verão requer mais cuidados; médico explica

sexta 2 fevereiro, 2018
varizes
varizes Divulgação


Angiologista lista os principais cuidados para evitar manchas nas pernas

As varizes surgem principalmente nas pernas e nos pés e podem ser causadas por fatores genéticos ou maus hábitos.

Muitas mulheres que buscam o tratamento não precisam esperar o inverno chegar.  Segundo Marcelo Monteiro, angiologista, cirurgião vascular e diretor da clínica 'Inovas', no Rio de Janeiro, é possível "tratar varizes na estação mais quente do ano desde que a paciente se comprometa a evitar a exposição solar direta".

Não existem restrições para caminhadas ou atividades ao ar livre, por exemplo. "É cada vez mais comum lidarmos com pacientes que por hábito evitam a exposição solar para fins de bronzeamento. O que sabemos hoje é que o laser utilizado para o tratamento de vasos pode ser usado em peles morenas, mas deve ser evitado em peles bronzeadas".

De acordo com o expert, o ideal é que a pele esteja "fria", ou seja, um período de pelo menos duas semanas sem bronzeamento. "Para que possamos assim diminuir os riscos de efeitos indesejados como a pigmentação com o tratamento. Lidar com uma pele 'estimulada' pelo sol pode aumentar esse risco”.

Após o tratamento, o ideal é ficar de 7 a 10 dias sem tomar sol. Já as atividades físicas são recomendadas. "Hoje utilizamos o termo “down time”, que se refere ao tempo de afastamento de suas atividades normais devido a um determinado tratamento. Mesmo o tratamento cirúrgico das varizes atualmente apresenta down time muito baixo. A angiologia que praticamos hoje na clínica tem um foco muito voltado para técnicas não cirúrgicas para o tratamento da doença venosa, interferindo muito pouco na rotina diária de nossos pacientes".

Oacompanhamento médico também é muito importante após o tratamento da mesma.  "Depois é preciso manter uma manutenção constante, para que se evite o acúmulo de vasos. Se você “desistir” de tratar os vasos, o mais comum de acontecer é o acúmulo dos mesmos, o que vai dificultar atingirmos uma satisfação estética. É preciso estratificar bem a doença, para saber quais vasos precisam ser tratados, se existem veias nutridoras “alimentando" os vasinho, e dessa forma atuar com precisão e conseguir resultados satisfatórios no menor espaço de tempo possível", conclui Dr. Marcelo.

 

por Bruna Nastas
Atualizado sexta 2 fevereiro, 2018 (297622)

Mais conteúdo sobre:

COMPRE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 A apresentadora usou suas redes para compartilhar uma montagem feita por um fã do filho Karina Bacchi compartilha montagem divertida do filho
  2. 2 Ana Furtado leva memórias na Bíblia de A Dona do Pedaço
  3. 3 A Fazenda: Rodrigo Phavanello vence prova do fazendeiro
  4. 4 Rodrigo Faro é afastado da TV após problemas de saúde
  5. 5 Lívia Andrade posa exibindo decote ousado: ''Mulherão!''
  6. 6 Thais Fersoza se derrete pela filha dançando ballet
  7. 7 Daniella Cicarelli exibe novo visual e impressiona web
  8. 8 Carolina Dieckmann surge de biquíni e esquenta a web
  9. 9 Leo Dias é suspenso do 'Fofocalizando' e desabafa na web
  10. 10 Nathália Dill se despede da vilã Fabiana em última gravação