Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Saiba como manter a prática e o ritmo do exercícios físicos no outono

Com a mudança climática que a nova estação trás, muitas pessoas desistem ou diminuem a intensidade de seus treinos. Confira dicas de uma personal trainer para você se adaptar ao outono e não para de malhar nunca mais!

Caras Digital Publicado em 20/03/2014, às 17h25 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Outono - Shutterstock
Outono - Shutterstock

O verão chegou ao fim após três meses de muito sol e calor. Com a chegada do outono, os adeptos de atividades físicas percebem a diferença climática e a própria empolgação para se exercitar diminui neste período. Porém, os treinos não podem parar.

É importante manter o foco e continuar, pois o corpo nesta época exige alimentos mais calóricos, deixando a pessoa com aqueles quilinhos indesejados.Exatamente por isso, não podemos deixar de fazer exercícios nessa época, se não o corpo regride todo o esforço que se teve no verão.”, revela a personal trainer Milena Nogueira.

+ Saiba tudo sobre as lutas funcionais, sucesso entre as famosas, que queimam até 1000 calorias por aula

+ Famosas abandonam a academia para malhar na praia; veja os treinos e os benefícios

Para treinar, alguns hábitos devem ser alterados para uma melhor adaptação à mudança climática.

Principalmente nos dias de frio é essencial fazer um bom aquecimento antes dos exercícios, pois além de aumentar a temperatura corporal, também lubrificará as articulações. É preciso também dar atenção à hidratação, pois o clima mais seco e o aumento da poluição durante o inverno podem desencadear irritações nas vias aéreas. Por isso, não deixe de ingerir água durante a prática dos exercícios. No começo do treino e depois, o uso do agasalho é importante, pois a temperatura externa é inferior à temperatura corporal, evitando a queda brusca do calor do corpo e assim evitar doenças”, garante a personal trainer.

Nesta época, há também uma maior transferência da pratica esportiva “outdoor- nas ruas, parques, praia e campos- para locais fechados, como academias e ginásios.

Todavia, exercícios comumente realizados em áreas abertas podem ser feitos na mesma intensidade em espaços fechados. A bicicleta normal, por exemplo, geralmente é substituída pela ergométrica.
Após o aquecimento, os exercícios mais indicados para a época são os aeróbicos, porém com intensidade moderada, como a caminhada ou a bicicleta, intercalando com a musculação para fortalecer os músculos e os ossos”, orienta a especialista.