Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rotavírus: saiba os sintomas e como prevenir

Ana Hickmann apresentou dores no corpo e foi diagnosticada com o rotavírus. Confira os tratamentos da virose e saiba como é transmitida

Bruna Nastas Publicado em 07/06/2013, às 19h18 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Rotavírus: saiba os sintomas e como evitar - Foto-montagem
Rotavírus: saiba os sintomas e como evitar - Foto-montagem

A apresentadora Ana Hickmann terá que ficar alguns dias de repouso em sua casa após ser diagnosticada com o rotavírus, infecção que costuma ocorrer nas crianças, mas os adultos também podem ser vítimas. Para entender melhor o que aconteceu com a loira, a CARAS Online conversou com a infectologista Valéria Paes, que explica o que é a doença e como prevenir a sua família. 

O rotavírus é uma doença causada por sete tipos diferentes de sorotipos que são antigêncios diferentes, mas da mesma espécie microbiana. Porém, apenas três infectam o ser humano. Os principais sintomas são diarréia - que pode levar a desidratação -, vômitos e febre, além de problemas respiratórios, como coriza e tosse. A transmissão pode ser fecal-oral ou seja, o vírus é eliminado nas fezes do paciente, contamina a água ou alimentos, e pode entrar em contato com a pessoa através das mãos.

A Dra. Valéria Paes trás algumas dicas de prevenção do rotavírus. “As principais medidas para evitar a rotavirose é a higiene das mãos, que pode ser feita com água e sabão ou álcool-gel, principalmente antes das refeições e após o banheiro. Além disso, ingerir sempre alimentos bem higienizados e água tratada é fundamental”, afirmou.

Para os pacientes com sintomas da rotavirose, Valéria aconselha prevenir a desidratação ou tratá-la. “Pode se utilizar da hidratação oral, com soro caseiro e outros líquidos, ou venosa (em casos mais graves). Outras medicações sintomáticas também podem ser prescritas pelo médico conforme a necessidade do infectado”, contou.

Atualmente, a vacina para o rotavírus foi incluída no calendário de vacinas do Ministério da Saúde e é recomendada, especialmente, para as crianças. A vacina possui uma eficácia elevada para prevenir diarréia grave e internações por esse motivo.