Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Bem-estar e Saúde / Preocupação

Mãe de Demi Lovato quebra o silêncio e relembra como descobriu a overdose da filha

Mulher relatou os eventos do dia e seu desespero

CARAS Digital Publicado em 20/09/2018, às 14h26 - Atualizado às 14h51

Demi Lovato - Getty
Demi Lovato - Getty

Após anos sóbria, Demi Lovato sofreu uma overdose em julho deste ano, e nesta quarta-feira, 19, sua mãe, Dianna de la Garza, falou publicamente sobre o assunto para a Newsmax TV

Na conversa, ela relembrou os eventos do dia e seus sentimentos em relação a eles, além de como a cantora estava na época. "É muito difícil falar disso. Eu literalmente começo a tremer um pouco quando lembro de tudo que aconteceu naquele dia", emocionou-se a matriarca. 

Ela relatou que, de repente, começou a ser bombardeada de mensagens de amigos e familiares desejando melhoras e dizendo como estavam preocupados. Só entendeu o que estava acontecendo quando a assessora de sua filha ligou para ela. A mulher relatou que a estrela ainda estava consciente, mas não conseguia falar.  "Eu entrei em choque. Eu nem sabia o que dizer. É algo que eu nunca, jamais esperei ouvir, como mãe, sobre nenhum dos meus filhos", desabafou a escritora. 

Então, avisou Dallas e Madison, irmãs de Demi, e todas foram para o hospital. "Ela estava com uma aparência horrível. Mas eu disse: 'Demi, estou aqui. Eu te amo', e aí ela respondeu 'eu também te amo'", contou.

A mãe acredita que a melhora e estabilidade da atriz se dá pela fé e pelas mensagens positivas de todos. "Eu acredito que ela só está viva por causa das milhares de orações que todo mundo fez assim que descobriram o que tinha acontecido", confessou. 

Dianna e o avô de Demi deram uma entrevista para o Radar Online no início de setembro declarando que o desejo deles é que ela se afaste de Hollywood. Em junho deste ano, a cantora lançou Sober, em que falava sobre a dificuldade de manter-se sóbria.