CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Bem-estar e Saúde / FUSÃO INUSITADA

Já ouviu falar em café com colágeno? Tendência de bem-estar também é opção para saúde da pele

Em entrevista à CARAS Brasil, a dermatologista Laís Rios aponta dose diária e benefícios, mas também faz alerta importante sobre a ingestão da combinação

estudos apontam que a quantidade ideal de café é de três a cinco xícaras por dia - Freepik
estudos apontam que a quantidade ideal de café é de três a cinco xícaras por dia - Freepik

Pelo menos uma xícara de café por dia, hábito comum para milhares de pessoas ao redor do mundo, é o suficiente para dar uma recarregada na energia e, de quebra, pode fazer muito bem à saúde. E café com colágeno, já ouviu falar? Segundo a dermatologista Laís Rios, a mistura promete não apenas fornecer a energia necessária para iniciar a rotina, mas também uma série de benefícios às articulações. Em entrevista à CARAS Brasil, a especialista também faz um alerta importante sobre a ingestão da combinação entre a bebida e a proteína.

Proteína essencial para o funcionamento do organismo, o colágeno é responsável por formar toda a estrutura do tecido conjuntivo do corpo humano. Ou seja: ele é o responsável por manter a firmeza da pele e, ainda, assegurar a firmeza da pele, contribuindo para o bem-estar das articulações.

De acordo com Laís, tem sido comum a inclusão da proteína em diversos tipos de produtos. “Hoje em dia, as indústrias e laboratórios fazem todo tipo de alimento com colágeno, além do café: barrinha de cereal, iogurte, chocolate, goma de mascar e vários outros. É como pegar o colágeno e misturar na água, no suco ou onde a pessoa quiser”, explica.

Alguns estudos apontam que a quantidade ideal de café é de três a cinco xícaras por dia. Entretanto, no caso da bebida com o colágeno, é importante não exagerar. A dermatologista explica que, para manter a saúde da pele e do organismo em dia, uma dose basta. “A indicação de uso é uma vez ao dia e não é necessário mais do que isso, já que a dose vem com a quantidade diária ideal. A pessoa toma uma dose do capuccino, por exemplo, por dia e, dessa forma, está inferindo a quantidade certa”, afirma.

Entre as opções, o colágeno Verisol costuma ser o mais indicado, já que ele é composto por peptídeos bioativos, específico para a pele, que atrasam o processo de envelhecimento da pele, reduzindo a aparência das rugas já presentes.

Os benefícios são vários, como melhora na firmeza da pele e fortalecimento das articulações, mas e os riscos? A especialista aponta que não há, porém, ela aponta que é preciso equilibrar seu uso. “Não há nenhum tipo de risco e não faz mal, portanto, todo mundo pode tomar. Mas, ao mesmo tempo, é preciso tomar cuidado para não cometer nenhum excesso e causar uma sobrecarga nos rins, já que esse é o órgão responsável por filtrar a quantidade necessária que o organismo precisa e descartar o restante. Dessa forma, não adianta tomar mais do que o necessário na esperança de ter mais efeitos, porque não é assim que funciona”, finaliza.

Laís Rios - Dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Pós-graduada em Medicina Estética pela Associação Brasileira de Medicina Estética (ABME) e especialista pela Associação Médica Brasileira (AMB); Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC) e do Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM). CRM 14670 DF | RQE 13420 | RQE 14366.

Já ouviu falar em café com colágeno?
Laís Rios é especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - Arquivo Pessoal