George Clooney doa R$377 mil para ajudar crianças imigrantes detidas nos EUA

George Clooney
George Clooney Getty Images


Ator já demonstrou simpatia com causas de minorias anteriormente

George e Amal Clooney, casados desde 2014, doaram nesta terça-feira, 20, cerca de R$ 377 mil para o Centro de Direitos de Jovens Imigrantes, que ajuda na etapa jurídica dos processos de crianças e adolescentes detidos pela fiscalização de imigração. 

Nesta semana foram expostos os maus tratos dados aos imigrantes nas fronteiras do estado de Texas, Estados Unidos. O presidente estadunidense Donald Trump colocou em vigor uma política de tolerância zero à imigrantes ilegais no país. Portanto, caso alguém seja pego entrando de modo irregular, será processado e mandado para centros de detenção. Porém, grande parte do fluxo de pessoas é composto por famílias com crianças e adolescentes. Nesses casos, os pais são mandados para a prisão e seus filhos são mandados para lugares separados para entrarem no sistema de adoção do país. Em um mês e meio, mais de dois mil jovens foram separados de seus familiares, inclusive oito brasileiros, três deles irmãos. O mais velho completa 18 anos em junho, e será automaticamente mandado para um centro de detenção no país.

Mais Notícias

Fotos denunciaram a situação das crianças, que dormem em colchonetes no chão, cobrem-se com folhas de jornal e ficam alocados em cômodos com grades fazendo vez de paredes. Lá, não são permitidas a troca de carinhos e nem brincadeiras. As idades variam do um ano até os 17. Os mais velhos trocam fralda e alimentam os mais novos, e os ajudam a lidar com a situação.

Diante dessa situação, alguns famosos como Anne Hathaway e Kristen Bell tomaram ações para expor e criticar as leis. Os Clooney foram um pouco além. Pais de Alexander e Ella, de um ano, eles mostraram-se compadecidos ao ver a foto de uma bebê de dois anos chorando ao ser separada da mãe. "No futuro, nossos filhos vão perguntar: É verdade? Nosso país realmente tirarou bebês de seus pais e colocaram eles na prisão? E quando respondermos que sim, eles vão perguntar o que nós fizemos sobre isso. O que dissemos. Como nos posicionamos", justicou o ator em entrevista para a US Weekly. 

Maria Woltjen, diretora do Centro de Direitos de Jovens Imigrantes, agradeceu aos atores pelo suporte. "Essa administração vai contra leis internacionais e princípios básicos da decência humana. Tratar crianças de modo tão cruel não viola só seus direitos legais, mas também suas necessidades básicas. Estamos fazendo tudo que podemos para advogar para essas milhares de crianças, e somos muito gratos pelo suporte de George e Amal Clooney. Nada poderia ser mais vital no momento", desabadou a advogada. 

O casal já mostrou seu apoio a causas humanitárias anteriormente. Em fevereiro de 2018, doaram R$ 1.885.250 milhões para instituições que lutam contra o tiroteiro em escolas, e em agosto de 2017 transferiram R$ 3.770.500 milhões para um grupo que lutava contra neonazistas. 

 

Jessika Alves encanta na Ilha de CARAS​ e revela o segredo de sua boa forma

por CARAS Digital
Atualizado quarta 20 junho, 2018 (303199) | 25/05/2019 14:37:23

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. Xande Valois curte a Ilha de CARAS com sua mãe
  2. Ivete Sangalo é Broto Legal
  3. Em SP, dentistas celebram nova tecnologia
  4. Dubai é repleta de atrações para todos os gostos

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Sumida das telinhas, Bruna Lombardi faz reflexão na web
  2. 2 Flavia Pavanelli manda indireta para Leo Dias
  3. 3 Sandy surge deslumbrante em foto e web vai à loucura
  4. 4 Lore Improta aparece sorridente após fim de noivado com Leo
  5. 5 Como um presente para Tite, Neymar chega à Granja Comary
  6. 6 Luísa Sonza marca presença em evento de adoção em São Paulo
  7. 7 Flávia Alessandra celebra passeio incrível na Europa
  8. 8 Flávia Viana posta foto esplendorosa em Paris e web pira
  9. 9 Maisa realiza sonho ao entrevistar grande nome da televisão
  10. 10 Monica Benini encanta fãs ao mostrar foto do pequeno Otto