CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Bem-estar e Saúde / Tratamento

Ex-BBB Thelma revela que a mãe descobriu um câncer raro

Ex-BBB Thelma Assis grava vídeo para falar sobre susto com a saúde da mãe, que foi diagnosticada com um câncer raro durante exames de rotina

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 18/06/2024, às 12h12

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ex-BBB Thelma - Foto: Reprodução / Instagram
Ex-BBB Thelma - Foto: Reprodução / Instagram

A ex-BBB Thelma Assis contou que sua mãe foi diagnosticada com um câncer raro e já passou pela cirurgia para remover o tumor. Ela gravou um vídeo para falar sobre a importância de fazer os exames de rotina, já que foi assim que a mãe dela descobriu a doença. Então, ela ainda contou que ficou longe das redes sociais nos últimos tempos porque estava cuidando da família. 

"No começo deste ano, em janeiro, fazendo um exame de rotina, a minha mãe foi fazer um exame de imagem para poder visualizar se estava tudo bem com o coração dela. Na medicina, às vezes acontece isso. A gente vai procurar uma coisa e acaba encontrando outra. E, aí, a gente descobriu que o coração dela estava ok, mas que ela tinha um tumor exatamente no meio do peito, na frente do coração, um tumor do tamanho de um limão", disse ela. 

E completou: "A gente tem uma glândula chamada timo e a função desse órgão é produzir células de defesa para o nosso corpo para atuar na nossa imunidade. [...] Nos idosos a tendência é que ele diminua. No caso delam ele aumentou e ia continuar aumentando até que pudesse dar algum sintoma. E talvez nesse momento já poderia ser tarde demais. Então, ele precisava ser tirado o quanto antes por uma cirurgia". 

Então, ela refletiu sobre a notícia. "A gente tem que fazer, pelo menos nós médicos, é praticar a empatia, que é se colocar no lugar do outro. Mas não tem jeito. Você só consegue sentir realmente o medo e a insegurança de passar por um procedimento cirúrgico ou quando você sente na pele ou quando está acompanhando alguém que você ama. Nesse momento saiu de mim toda a medicina, eu estava ali como uma filha completamente angustiada por conta do diagnóstico da mãe que ia passar por uma cirurgia tão delicada. […] Já perdi meu pai por um câncer raro há cinco anos atrás e hoje me deparei de novo com câncer raro na minha família e a gente perde o chão. Tem seis meses que estou vivendo isso e a gente tem que continuar vivendo. Olha quantas coisas eu não fiz esses seis meses e carreguei aqui quietinha com a minha rede de apoio e marido me ajundando sempre. Essa angústia E, finalmente, chegou o dia da cirurgia dela. E, felizmente, foi tudo bem. Ela conseguiu tirar o tumor. Havia uma chance de ele ser benigno, mas não, a gente descobriu que era maligno. Ou seja, ele precisava ser retirado o quanto antes", contou. 

Assista ao vídeo: