CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil

Especialista explica crise alérgica de Jeniffer Nascimento e alerta riscos

Em entrevista à CARAS Brasil, a dermatologista Renata Sitonio explica inchaço no rosto de Jeniffer Nascimento e faz alerta sobre crises alérgicas

por Mariana Arrudas

marrudas_colab@caras.com.br

Publicado em 14/05/2024, às 12h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A atriz Jeniffer Nascimento - Foto: Reprodução/Instagram @jeniffer_nascimento
A atriz Jeniffer Nascimento - Foto: Reprodução/Instagram @jeniffer_nascimento

Jeniffer Nascimento (30) surpreendeu os fãs ao contar que sofreu uma crise alérgica no último sábado, 11. Nas redes sociais, ela surgiu com o rosto bastante inchado e contou que os sintomas surgiram após comer frutos do mar —que segundo ela, sempre estiveram presentes em sua alimentação.

A dermatologista Renata Sitonio explica, em entrevista à CARAS Brasil, que Jeniffer Nascimento teve urticária, irritação em que "os anticorpos são ativados contra o alérgeno em uma tentativa exagerada e descontrolada de nos defender, causando uma reação inflamatória que pode ser de leve a intensa".

A especialista diz que, geralmente, a irritação não aparece nas primeiras vezes que há o contato com o alimento alérgeno. "Os anticorpos vão sendo formados aos poucos e, cada vez que entramos em contato de novo, o nosso exército de anticorpos vai aumentando. Até que chega uma hora que esse 'exército' está forte o suficiente para combater o alérgeno e causar a reação alérgica."

Leia também: Jeniffer Nascimento encanta ao mostrar momento fofo com a filha, Lara

Por isso, a artista teve a reação ao comer frutos do mar mesmo já ingerindo os alimentos há anos. Sitonio alerta sobre a importância de se procurar o tratamento e ir ao hospital quando tiver sintomas da alergia, já que a urticária pode aparecer de formas mais leves, como inchaço e coceira, mas também pode causar um choque anafilático.

"Os maiores riscos são o inchaço das vias aéreas por onde o ar passa, e o paciente ter dificuldades ou parar de respirar, e o choque anafilático que é o tipo mais grave de reação alérgica, podendo ocasionar problemas como falta de ar, chiado no peito, tosse, pressão baixa, desmaios, lesões na pele, inchaço na boca, língua e garganta, dores abdominais, náuseas, vômitos e diarreia."

A especialista diz que, ao descobrir que se tem alergia a um alimento específico, o ideal é eliminá-lo da dieta. Em casos em que a alergia é a vários alimentos, também há a opção de fazer tratamentos de dessensibilização, "sempre em ambiente hospitalar e sob supervisão médica".

CONFIRA PUBLICAÇÃO RECENTE DE JENIFFER NASCIMENTO NO INSTAGRAM: