Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Entenda o que é a sesamoidite, doença no pé que fez Xuxa se afastar da TV

Luiza Camargo Publicado em 30/01/2014, às 12h18 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Sapatos de salto alto - Getty Images
Sapatos de salto alto - Getty Images

No início do ano, Xuxa revelou que ia se afastar da TV por pelo menos 6 meses para cuidar de um problema em seu pé esquerdo, conhecido como sesamoidite. Como a própria apresentadora revelou, a doença foi causada pelo intenso uso de sapatos de salto alto em sua vida.

Os saltos altos deixam as mulheres mais bonitas, confiantes e elegantes, por isso eles são uma das grandes paixões femininas. Porém, como aconteceu com Xuxa, eles podem originar sérios problemas de saúde. Em entrevista à CARAS Digital, o Dr. Ricardo Umeta, professor do departamento de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, revelou quais são os possíveis perigos do uso freqüente de sapatos de salto e o que é a sesamoidite; confira!

+ Despedida de Xuxa de programa na Globo: Estou saindo, mas eu volto

Afinal, o que é a sesamoidite? Quais os seus riscos?
Sesamoidite é a inflamação dos sesamóides  dois ossos localizados abaixo do dedão do pé. Esses ossos são móveis e ajudam no alinhamento do tendão e do dedão (que é o dedo mais importante para o apoio do pé). A inflamação pode causar dor e necrose.

Como ela pode ser tratada?
Por ser um processo inflamatório, o tratamento é realizado com repouso, anti-inflamatórios e analgésicos. Também é retirado o mecanismo agressor (o salto, por exemplo). Mas varia de paciente para paciente, pois primeiramente tem de ser avaliado o que está causando a doença. Há casos em que são necessárias sessões de fisioterapia e, em última circunstância, a cirurgia para fazer a ressecção dos sesamóides.

Qualquer mulher pode ter independente da idade ou tem algum fator genético, idade ou qualidade de vida que influencia?
Está ligado a qualidade de vida e qualquer mulher pode ter. Em determinados casos, está associado a mulheres com joanetes - que são desvios no dedão do pé. Quando há esses desvios, o dedão perde a capacidade de absorver a carga de forma adequada, então os outros dedos e os sesamóides tendem a receber uma sobrecarga maior.

Os saltos são os únicos culpados pelo seu aparecimento ou existem outros fatores?
Não, dançarinos e corredores estão propensos a ter sesamoidite, pois são pessoas que usam muito essa região do pé. O sapato de bico fino também contribui para o aparecimento da doença, pois comprime os dedos e descarrega o peso em uma região muito pequena.

Existem mulheres que precisam usar sapatos de salto no trabalho. Qual dica ou exemplo elas poderiam seguir para evitar esta doença?
Umas das dicas e tentar usar o sapato com salto um pouco mais baixo, ou aqueles em que há salto na parte da frente e de atrás. Esses calçados dividem a sobrecarga e fica um desnível menor entre a parte posterior e anterior do pé. Também são recomendados os sapatos com o bico mais arredondado - para acomodar melhor o pé.

Há alguma forma das mulheres continuarem usando salto sem correrem o risco de sofrerem alguma lesão ou desenvolverem uma doença? O que é o ideal?
O melhor calçado é o tênis, pois tem um leve salto e é arredondado.

Só o fato de usar o salto causa problemas?
Não, tem o sedentarismo e uma série de fatores, como a postura. Chinelos e rasteiras são tão ruins para a coluna e os quadris quanto o salto alto, pois você diminui o apoio do meio do pé.

As mulheres que usam salto sofrem muitos riscos? Quais? Apenas a sesamoidite ou existem outros até mais graves?
O equilibro do corpo começa no pé, se tem alguma alteração nesse membro há a sobrecarrega nos tornozelo, nos joelhos e na coluna vertebral. Quando você usa salto, você altera o alinhamento da coluna vertebral. Para a mulher não cair, ela aumenta a lordose dela, o que causa uma hiperlordose, isso leva ao estiramento muscular e sobrecarga nas estruturas da coluna e nessa região.