Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Comida de praia - o que pode e não pode consumir nos dias quentes

Nutricionista dá dicas do que comer para não engordar em um dia na praia

CARAS DIGITAL Publicado em 29/01/2016, às 16h41

Projeto Verão - Shutterstock
Projeto Verão - Shutterstock

Verão é sinônimo de praia, e o brasileiro adora passar várias horas embaixo do sol, curtindo o mar e as belas paisagens litorâneas do nosso país. Mas, sempre bate uma fome e, muitas vezes, as únicas opções são as comidas de praia. Todavia, quem está de dieta ou não quer engordar, precisa ficar atento com as opções de comidinhas que existem na praia. Muitas são calóricas, gordurosas e podem fazer mal à saúde. Uma boa alternativa é levar algumas guloseimas saudáveis de casa.

Alessandra Almeida, nutricionista funcional da Clinica Andrea Santa Rosa, revela quais são as opções mais saudáveis para comprar ou levar para a praia e quais petiscos devemos fugir; confira!

Opções saudáveis para comprar na praia:
-Picolé da fruta (as frutas são fonte de vitaminas e minerais, além de não conter gordura e adição de açúcar)
- Água de coco (reposição de eletrólitos impedindo a desidratação, mas atenção na quantidade porque contém açúcar)
- Milho (o milho direto da espiga é fonte de fibras e betacaroteno que ajuda no bronzeado).

Opções saudáveis para levar para praia:
- nuts (fonte de gorduras boas e antiinflamatórias/ a gordura é uma boa opção pois traz saciedade e não estimula a insulina, frutas com casca (menos perecíveis, fonte de fibras, vitaminas e minerais)
- frutas secas
- snacks prontos
- açai congelado (muito congelado);
- sanduíches com queijos e ervas secas;
- sucos de caixinha: native, sulavan,

Não comprar na praia:
- Camarão no espeto - alimento extremamente perecível para ficar exposto na luz solar, além de não ser higienizado corretamente.
- Queijo coalho, churrasquinho  - o carvão libera substâncias que são cancerígenas para o nosso organismo; além do sol facilitar a proliferação de bactérias.
- Mate da praia - excesso de adição de açúcar além de não sabermos a procedência da água que foi utilizada para preparar o mate.
- Sanduíche natural - a maior parte dos sanduíches contém alimentos muito perecíveis como folhas, tomate ou até a maionese e o creme de leite, o que pode ser um risco de infecção alimentar. É de extrema importância saber a procedência do sanduíche antes de consumi-lo.