Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Beleza / Boa forma

Paula Barbosa, a Zefa de Pantanal, surge só de biquíni em novas fotos

Intérprete da Zefa na novela Pantanal, Paula Barbosa aparece de biquíni e empina o bumbum em dia de sol

CARAS Digital Publicado em 20/06/2022, às 12h22

Paula Barbosa - Foto: Reprodução / Instagram
Paula Barbosa - Foto: Reprodução / Instagram

A atriz Paula Barbosa (35) elevou a temperatura das redes sociais ao posar apenas de biquíni na janela de uma casa com vista para a natureza. A beldade colocou o corpão para jogo ao aparecer com o look mínimo em fotos de costas e de lado.

Nas imagens, Paula deixou à mostra seu corpo magérrima e também uma parte das tatuagens que tem nas costas. “Da minha sessão de fotos na janela do quarto”, disse ela na legenda.

Nos comentários, os fãs elogiaram a beleza dela. “Maravilhosa”, comentou um seguidor. “Oh lindeza!”, afirmou outro. “Que gata”, declarou mais um.

Atualmente, Paula Barbosa está no ar como a personagem Zefa no remake da novela Pantanal, da Globo.

Paula Barbosa

Paula Barbosa

Paula Barbosa fala sobre a criação da personagem Zefa para a novela Pantanal

Recentemente, a atriz Paula Barbosa contou mais detalhes sobre a personalidade de sua personagem Zefa em Pantanal.

"A Zefa é uma pantaneira, nascida no Pantanal — poucos personagens da novela são de fato do Pantanal, e ela é uma dessas. Ela é muito, muito religiosa. Muito apegada a religião. Acho que é até uma forma dela ter alguma segurança, porque ela não tem pai nem mãe para instruir. A presença dela na fazenda é muito interessante porque sinto que, apesar de ela ser uma menina muito simples e humilde, é muito esperta. Acho que essa experiência de vida dela, de ter de se virar muito cedo, trouxe a ela uma esperteza", disse ela.

E comentou sobre o jeito de Zefa de falar da vida dos patrões. "Ela se liga no que acontece muito rápido mesmo. E ela é uma pessoa boa, do bem! Ela não é maldosa, não é fuxiqueira. Ela é solta. Fala o que vem à cabeça, as coisas que vê, e é muito bacana porque ela fala com as pessoas e o assunto morre ali; ela não vai passar a frente nem nada disso. Acaba que ela, de certa forma, aconselha. Aconselha as patroas... O patrão menos, porque é mais durão, fechado, mas também fala coisas que ele precisa ouvir, que ninguém tem coragem de falar. Ela traz isso àquela casa: algumas verdades à tona. Fala algumas coisas com o jeitinho dela, com a leveza dela, mas que acaba fazendo os personagens pararem para pensar", afirmou. 

Então, ela contou mais sobre a criação da personagem. "Em um primeiro momento, cheguei a assistir o que tinha da personagem em vídeos antigos na internet. Depois, parei e resolvi começar a criar a minha Zefa. Por ser uma nova versão, tivemos a oportunidade de receber muitos capítulos antes de começar a novela. Isso é muito legal, porque o trabalho fica mais completo. É melhor, porque, normalmente pegamos um personagem e recebemos só os primeiros capítulos. Aí, a novela entra no ar e a gente vai recebendo os próximos; é gostosa, também, essa expectativa, ver pra que lado que vai o personagem e tal, mas ter essa possibilidade de já iniciar, poder fazer um trabalho da trajetória toda da personagem ou quase toda só deixa o trabalho melhor. Então, a minha preparação foi essa. Muito estudo, ler muito texto, entender muito aquelas relações, estudar muito sobre as mulheres, meninas da região, música, sotaque, as histórias que elas contam. Fiz um trabalho muito intenso antes de gravar: estudo, pesquisa, leitura. Fui criando o corpo, toda a postura, o jeito de falar. A Zefa é engraçadíssima. Ela tem momentos muito divertidos, é leve. Então, quero passar essa energia leve dela. Essa coisa gostosa. Quando ela abre a boca para falar é divertido, é gostoso. Então, estou tentando trazer tudo isso em uma preparação corporal, vocal e com todo esse estudo que eu tenho feito", declarou.