Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Beleza / VOCÊ SABIA?

Como Gkay reverteu o preenchimento nos lábios? Entenda procedimento estético

Influenciadora e humorista, Gkay surgiu sem o procedimento estético e surpreendeu fãs e internautas

CARAS Digital Publicado em 27/01/2023, às 16h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A influenciadora e humorista Gkay; atriz removeu o preenchimento labial - Foto: Reprodução/Instagram @gkay
A influenciadora e humorista Gkay; atriz removeu o preenchimento labial - Foto: Reprodução/Instagram @gkay

Gkay (30) surpreendeu os fãs ao contar em suas redes sociais que decidiu remover seu preenchimento labial. Segundo o relatório da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) o Brasil está no ranking de países que mais realiza procedimentos estéticos no mundo, e, como resultado disso, o mercado também teve um aumento de pessoas buscando modos de desfazer as intervenções. 

Os preenchimentos, seja labial ou não, são feito com a aplicação de ácido hialurônico, e o aspecto do resultado irá depender da densidade específica utilizada na região do rosto escolhida pelo paciente, que, no caso de Gkay, foram os lábios. Segundo Anderson Marques, dentista especialista em harmonização orofacial, a remoção é simples já que o ácido é um produto extremamente seguro.

A retirada consiste na aplicação de uma enzima chamada hialuronidase, que reverte o procedimento e remove o produto. "A partir do momento que você reverte isso, você passa a construir uma outra imagem. Ao sair de um lábio grosso para um lábio fino, você passa a transparecer uma imagem mais delicada e meiga. Talvez esse seja o caso da Gkay, que, possivelmente, está querendo comunicar uma nova imagem ao público e à mídia", explica o profissional.

Ele diz que, em geral, a remoção dos procedimentos estéticos é ligada a uma mudança na imagem pessoal. De acordo com o visagismo, conjunto de técnicas usado para valorizar a beleza do rosto, perfis com traços mais marcados e angulados demonstram poder e autoridade; já lábios mais volumosos fazem referência à sensualidade e ao poder.

Apesar disso, nem sempre a retirada do preenchimento labial é puramente por questões estéticas. Complicações como edema (inchaço), equimoses (roxos), nódulos (acúmulo de material ou processo inflamatório) ou assimetria podem acontecer e, se a enzima não for aplicada de imediatamente para a remoção, esses casos podem até evoluir para uma necrose de lábio.

COMO OBTER UM RESULTADO NATURAL E SATISFATÓRIO?

O especialista explica que o ideal é deixar os lábios com um aspecto mais natural, apesar da intervenção. Para isso é necessário utilizar "uma densidade específica para essa região do rosto, assegurando que o lábio fique bonito quando estiver estático ou em movimento. Por isso, é fundamental utilizar tecnologias específicas para os lábios".

Além disso, ele alerta que o profissional precisa estar atento para não fazer uma aplicação exagerada. "Normalmente, uma ampola garante um leve contorno e hidratação ao lábio. A partir da segunda, já conseguimos ver um pouco de volume. Por questões de segurança, o recomendado é aplicar a primeira ampola e, apenas 20 dias depois, realizar a aplicação da segunda, respeitando o processo de cicatrização."

PREENCHIMENTO LABIAL E A IDADE

Marques acrescenta que, se feito de forma correta, o preenchimento labial não causa estranhamento em nenhuma idade. No processo de envelhecimento, é natural que as pessoas percam cerca de 1% do volume labial ao ano, já que a região é formada por musculatura e gordura, que irão atrofiar com o passar dos anos.

"Quem quer chegar aos 50 anos sem os efeitos dessa diminuição labial, o ideal é aplicar uma ampola de ácido hialurônico por ano para que esse volume não seja perdido com o passar da idade. Já quem quer, de fato, aumentar o volume, o indicado é usar mais de uma ampola", acrescenta o dentista.

O especialista ainda alerta que é imprenscindível ter o acompanhamento médico para qualquer procedimento estético, independente da idade. "Quando fazemos um procedimento de harmonização em qualquer parte do rosto ou no próprio lábio, é necessário que haja um acompanhamento bem próximo nas primeiras 24h. Isso porque, caso haja o início de alguma intercorrência, o profissional consegue revertê-la a tempo, sem que o paciente tenha uma complicação mais séria."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!