Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Bebê / Maternidade

Sabrina Sato revela dificuldade para decidir nome da filha: 'A gente não chega a um consenso'

A musa está grávida de seis meses de Duda Nagle

CARAS Digital Publicado em 23/08/2018, às 11h25 - Atualizado às 17h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sabrina Sato - Instagram/Reprodução
Sabrina Sato - Instagram/Reprodução

Sabrina Sato contou um pouco mais sobre sua gestação durante uma conversa para o canal do YouTube de Thais Fersoza.

Na primeira parte do bate-papo divulgada semana passada, a musa e seu marido, Duda Nagle, falaram sobre como ficou a vida sexual durante essa etapa de sua vida. Já na segunda parte, publicada na última quarta-feira, 22,  as duas continuaram a falar sobre maternidade.

Grávida de seis meses, Sabrina revelou que ainda não sabe qual será o nome de sua primeira filha. Mostrando para a youtuber uma lista que fez em seu celular com as opções de nome, ela falou sobre a dificuldade que o casal vem tendo para chegar a um consenso: "A gente é diferente nisso. O Duda gosta de nomes mais conservadores, mais comuns. E eu gosto de nomes mais exóticos. Acho que vou escolher uns três e aí quando eu olhar para a cara dela eu escolho".​

Ao ser questionada sobre a melhor coisa da gestação, a apresentadora da RecordTV contou ser duro escolher só uma. "Tem tanta coisa boa. Eu acho que fazer enxoval, ficar vendo tudo para o bebê. Nesse universo só tem coisas boas, gente", respondeu. Sobre a coisa mais díficil, ela não hesitou. "Não poder beber. Você vai para uma festa, vê todo mundo bebendo e você ficar sóbria ou careta. Eu tenho vontade, então tomo cerveja sem álcool", revelou.

A gata, que está amando ser grávida, disparou querer ter mais filhos. "Vamos falar baixo sobre esse assunto, senão o Duda se empolga. Ele acha que é superfácil e vai ser tranquilo. Eu quero ter vários. Sempre imaginei uma família grande, porque minha família é grande, gosto de casa cheia, de bastante gente. Outra coisa é que a mulher japonesa é a última a morrer, então eu não quero ficar sozinha. Quero vários, mais de três", confessou. A japa também disse que pensa em adotar, mas que acha que tem que dar muito mais atenção, então tem que ser no momento certo.

Em relação a Duda como pai, a apresentadora é só elogios. "Ele será um pai pãe. Ele vai ser um megapai. Vai ser muito participativo, mas acho que não vai ser ciumento", contou.

Em um jogo rápido para completar a frase, Sabrina finalizou: "A minha filha veio para me... ensinar muito mais sobre a vida, para me fazer muito mais feliz e para me completar".