Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Mariana Ferrão comemora os 5 meses do filho e fala do dilema da amamentação

No dia em que o filho completa 5 meses, Mariana Ferrão declara que ainda não sabe até quando irá amamentar o menino e vive o dilema entre as dores de dar de mamar e o prazer deste gesto

CARAS Digital Publicado em 19/02/2014, às 20h37 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Mariana Ferrão - Foto-montagem/ Globo-Zé Paulo Cardeal
Mariana Ferrão - Foto-montagem/ Globo-Zé Paulo Cardeal

A jornalista Mariana Ferrão vive a sua melhor função ao se dedicar integralmente aos primeiros meses de vida de seu primeiro filho, Miguel, do relacionamento com André Luiz Costa. De licença-maternidade da TV – ela comanda o Bem-Estar na Globo -, a apresentadora escreveu um texto em seu Instagram para celebrar os cinco meses do herdeiro. Em sua declaração, ela comentou sobre o dilema da amamentação, já que ainda não sabe até quando irá dar de mamar para o filho. Mariana conta que sente um pouco de dor nas costas na hora de amamentar, mas que este momento é encantador.

“Que eu tenho várias amigas que me dizem: “amamentar até os 6 meses tá bom demais.”. E outras: “imagina, enquanto tiver leite, tem que continuar dando. Eu amamentei até os 2 anos e meio”. Que eu amo quando você faz carinho nas minhas costas quando está mamando. Que eu odeio a dor nas costas que sinto quando você está mamando. Que eu ainda não decidi até quando vou te dar de mamar”, declarou na rede social.

+Mariana Ferrão mostra foto dos pés do filho recém-nascido

Confira o texto completo de Mariana Ferrão:

“Filho, hoje você faz 5 meses e eu estava aqui pensando o que gostaria de te dizer.... Que eu adoro quando você estica os bracinhos na minha direção. Que você já consegue pegar a chupeta no berço e colocar na boca. Que você fica cada vez mais tempo de bruços, mas fica irritado quando não alcança o brinquedo que quer. Que você fica vidrado nos DVDs do Baby Einstein. E, sim, eu uso os DVDs para ter 30 minutos de sossego por dia. Que você adora se olhar no espelho. Que você gosta cada vez menos de trocar a fralda. Que você gosta cada vez mais de tomar banho. Que você amou pera, maçã, banana, mamão e suco de laranja. Que você agora deu pra dormir com o nariz no colchão. Que você pega no sono fazendo carinho na sua naninha branca. Que quando você dá gargalhadas, normalmente, termina com soluço. Que sua pele é muito sensível. Que você ainda não teve febre. Que você adora a Bete, que cuida da nossa casa e que me ajuda com você. Que eu optei por não ter babá, mas, às vezes, sinto a maior inveja das minhas amigas que tem. Que você não fica mais quieto no carrinho enquanto eu almoço. Que eu tenho várias amigas que me dizem: “amamentar até os 6 meses tá bom demais.”. E outras: “imagina, enquanto tiver leite, tem que continuar dando. Eu amamentei até os 2 anos e meio”. Que eu amo quando você faz carinho nas minhas costas quando está mamando. Que eu odeio a dor nas costas que sinto quando você está mamando. Que eu ainda não decidi até quando vou te dar de mamar. Que eu sinto falta da casa organizada. Mas sorrio toda vez que encontro um paninho de boca ou uma chupeta na minha cama. Que eu sinto falta de passar mais tempo com seu pai. Que eu sinto falta da minha mãe. E que ontem ajoelhei aos pés da cama e pedi pelo amor de Deus pra você dormir a noite toda e você dormiu!”

+Mariana Ferrão mostra detalhes do quartinho de seu filho