Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Juliana Didone fala sobre a reta final da gestação: 'Cansaço bizarro'

Grávida de quase 9 meses, Juliana Didone afirma: 'É muito louco se sentir impossibilitada das tarefas mais básicas do dia a dia, com dores na coluna, no quadril'

CARAS Digital Publicado em 23/03/2018, às 18h01 - Atualizado às 18h02

Juliana Didone - Roberto Filho / Brazil News
Juliana Didone - Roberto Filho / Brazil News

A atriz Juliana Didone dividiu com seus fãs o que está sentindo na reta final da gestação de sua primeira filha, Liz. Com quase 9 meses, ela conta que mantém a sua rotina de exercícios. No entanto, afirma que não é fácil sair de casa para se exercitar, que a vontade é ficar só de repouso, mas sabe que é importante se movimentar e incentiva as suas seguidoras grávidas a fazerem o mesmo.

"A gravidez é um momento potente e delicado de uma mulher ativa, inquieta. É muito louco se sentir impossibilitada das tarefas mais básicas do dia a dia, com dores na coluna, no quadril, e a cada dez passos andados nessa reta final, mas parecem uma maratona de 10km! E esse calor carioca “ajuda” muito!! Da vontade de ficar o dia inteiro no quarto com o ar ligado e um estoque de chocolate vendo todas as séries e filmes existentes né... Da vontade! E as pessoas dizem que tudo bem, que nesse momento tudo pode, mas não sinto que seja bem assim. Se permitir uma liberdade maior é maravilhoso, mas manter a atividade é bom pra mim, pro parto, pra minha filha. Gestantes do meu Brasil, divido isso com vocês que estão passando por sensações parecidas, que estão sentindo também esse cansaço bizarro, pra que a gente se reabasteça de energia todo dia fazendo algum exercício, porque é necessário, porque faz um enorme bem", disse ela. 

A gravidez é um momento potente e delicado de uma mulher ativa, inquieta. É muito louco se sentir impossibilitada das tarefas mais básicas do dia a dia, com dores na coluna, no quadril, e a cada dez passos andados nessa reta final, mas parecem uma maratona de 10km! E esse calor carioca “ajuda” muito!! Da vontade de ficar o dia inteiro no quarto com o ar ligado e um estoque de chocolate vendo todas as séries e filmes existentes né... Da vontade! E as pessoas dizem que tudo bem, que nesse momento tudo pode, mas não sinto que seja bem assim. Se permitir uma liberdade maior é maravilhoso, mas manter a atividade é bom pra mim, pro parto, pra minha filha. Gestantes do meu Brasil, divido isso com vocês que estão passando por sensações parecidas, que estão sentindo também esse cansaço bizarro, pra que a gente se reabasteça de energia todo dia fazendo algum exercício, porque é necessário, porque faz um enorme bem.

Uma publicação compartilhada por Juliana Didone (@julianadidone) em