Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Bebê / Família cresceu!

Gregorio Duvivier anuncia nascimento da segunda filha com Giovanna Nader: "Agora somos quatro"

Nas redes sociais, o humorista Gregorio Duvivier celebrou o nascimento de Celeste, sua filha com Giovanna Nader

CARAS Digital Publicado em 11/07/2022, às 19h11

Gregorio Duvivier anuncia nascimento da segunda filha com Giovanna Nader - Reprodução/Instagram
Gregorio Duvivier anuncia nascimento da segunda filha com Giovanna Nader - Reprodução/Instagram

Gregorio Duvivier (36) usou as redes sociais nesta segunda-feira, 11, para anunciar o nascimento de sua segunda filha.

Em seu perfil no Instagram, o humorista postou uma foto em que a esposa, a comunicadora socioambiental Giovanna Nader aparece ao lado da filha recém-nascida, Celeste, e da primogênita, Marieta (4).

"Agora somos quatro - e parece que sempre fomos", se derreteu o papai coruja na legenda da publicação. 

Os fãs parabenizaram o casal. "Parabéns, família", disse uma seguidora. "Parabéns, família! Bem-vinda ao mundo, Celeste. Você tem pais muito especiais", escreveu outra. "Muita saúde e paz pra toda família", desejou uma terceira.

Confira: 

Reflexão

Recentemente, Giovanna compartilhou em seu perfil no Instagram uma foto de um ensaio fotográfico e fez uma reflexão sobre a maternidade. "Como você tem coragem de colocar filho nesse planeta doente? - Essa foi uma das perguntas (ou variações dela) que mais escutei desde que assumi a gravidez. Tenho plena consciência de que vivemos tempos sombrios. A crise climática já acontece e vai se tornar ainda pior nos próximos anos."

"Minhas filhas passarão boa parte da vida em um planeta hostil, sendo que sequer terão culpa disso. Para além das catástrofes ambientais, vão vivenciar períodos de escassez de água, comida, perda da biodiversidade, falta de chuva, sem falar na quantidade de agrotóxico e microplástico presentes na água que bebem e alimentos que comem. Então realmente, se a gente pára pra racionalizar, colocar filho no mundo hoje parece mesmo uma loucura. Ainda assim escolhi engravidar, porque apesar do futuro incerto, é justamente o fato de ser mãe que me move diariamente a trabalhar contra o sistema destrutivo que vivemos."

"A maternidade me traz pro presente. Me faz ser realista quanto à situação que vivemos, mas também me faz acreditar que a ação e colaboração são essenciais para transformar essa realidade. Uma esperança que não vem do idealismo, mas do realismo. É sobre encarar de frente as mudanças que podemos fazer, ser voz ativa e motivar outras mães a serem vozes também. E se nada der certo, quero poder olhar pra elas e dizer: eu tentei", completou.