Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Doce espera de João Marcello e sua Juliana

Chegada do primeiro filho, Andre, fortalece feliz união do produtor musical com a pianista

CARAS Publicado em 12/11/2015, às 07h19 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Casal faz ensaio em SP, no estúdio de João Marcello, em ambiente que reproduz o quarto do bebê. - THALITA CASTANHA
Casal faz ensaio em SP, no estúdio de João Marcello, em ambiente que reproduz o quarto do bebê. - THALITA CASTANHA

Juntos há um ano, a pianista erudita Juliana D’Agostini (29) e o produtor musical João Marcello Bôscoli (45) estão vivendo as emoções e expectativas para a chegada do primeiro herdeiro, Andre, programada para 25 de janeiro.

Aos sete meses de gestação, ela, habituada a rodar o mundo em série de concertos, diminuiu o ritmo de trabalho e viu surgir um amor pleno e incondicional. “Sabia que um dia seria mãe, mas não achava que era algo tão intenso emocionalmente. É muito especial, estou descobrindo um mundo novo em muito pouco tempo”, disse Juliana, em ensaio feito nos estúdios da Trama, gravadora e produtora do amado, em SP, reproduzindo o tema do quartinho do bebê, repleto de ursos, by Ingrid Folkerts (45), da Dip En Dap.

Pai de Arthur (4), com a apresentadora Eliana (41), João conta que o menino vibrou ao saber que terá um irmãozinho. "Crianças às vezes, têm ciúmes umas das outras, mas ele é um menino doce e logo ficou feliz", isse ele, filho da diva da MPB Elis Regina (1945 - 1982).

Sempre quis ser mãe?
Juliana - Sim, só não sabia quando iria acontecer. Com a maternidade, você amadurece muito em pouco tempo, que, por sua vez, passa devagar demais. Vejo as mudanças do corpo e fico curiosa em saber como o bebê é.

O que mudou na rotina?
Juliana – Com a barriga, sintome um pouco mais cansada. Engordei 7kg e tenho feito exercícios específicos para gestantes. Pretendo voltar a carreira para o mercado brasileiro e tenho alguns projetos para a internet. 

João tem cuidado de você?
Juliana – Sim, ele é bom pai para o Arthur, e, além de bom marido, é meu melhor amigo. João é apaixonado por crianças.

Quer algo especial para o momento do parto?
Juliana – Quero ouvir a música de Mozart, porque, mesmo sendo um músico muito sério e competente, não deixou de ser criança em seu espírito, em sua personalidade. Seus temas são leves e ele era uma pessoa muito alegre.

Pretendem oficializar a relação após o nascimento?
Juliana – Já fui casada e não acho fundamental fazer isso porque o amor não tem regras, é a sociedade que coloca regras nos sentimentos. Não me sinto insegura, desde o começo já está muito oficial. É uma relação séria, à qual nos dedicamos muito.

Quais valores pretendem passar para o Andre?
Juliana – A base de tudo é ensinar a criança a ser uma pessoa boa e honesta, a ser forte dentro de suas decisões. Sempre fiz o que meu coração mandava e segui as minhas paixões.

João Marcello – Quero que meus filhos vivam plenamente quem são, de acordo com suas crenças e convicções, e que sejam bem-aventurados, além de lutarem muito pela felicidade.

É difícil educar um filho?
João Marcello – É uma tarefa complexa mas, sem dúvida, a coisa mais importante que uma pessoa pode fazer na vida. É uma busca diária para ser um bom pai e conseguir preparar para a sociedade alguém que vai acrescentar algo para as outras pessoas. Nada é mais comovente do que isso.

Como escolheram o nome?
João Marcello – Criamos uma lista, fizemos exercícios imaginando como soaria cada nome e gostei bastante do resultado, é um nome sonoro e fácil de ser compreendido em qualquer lugar do mundo.