Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Seu filho não quer comer? Veja ideias criativas para deixar a comida mais atraente

Para tornar a comida atraente, um designer desenha nas embalagens dos sanduíches dos filhos e uma fotógrafa ilustra os guardanapos. Se você não tem habilidade para desenhar, inove na preparação do prato. Confira!

CARAS Online Publicado em 10/07/2013, às 16h48 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Usar a criatividade na hora de preparar o lanche dos pequenos pode garantir o interesse pela refeição - Foto-montagem
Usar a criatividade na hora de preparar o lanche dos pequenos pode garantir o interesse pela refeição - Foto-montagem

Fazer criança comer, salvo exceções, é aquela luta: tem que falar que brócolis é uma florzinha, esconder o peixe por debaixo do arroz, dizer que, para ficar forte como o Popeye, tem que comer espinafre e por aí vai. Precisa ter muita criatividade... ou alguma habilidade.

+Saiba como inserir alimentos saudáveis à dieta do seu filho e vença o 'desafio da lancheira'

+Bons hábitos alimentares das crianças dependem dos pais

Há cinco anos, o designer David Laferrier começou a desenhar nas embalagens dos lanches dos dois filhos para incentivá-los a comer. Tudo começou bem simples, quase que como uma brincadeira, mas os desenhos fizeram tanto sucesso entre a molecada que David se empenhou em melhorar ainda mais seu trabalho. E o mais legal: os filhos não vêem os desenhos em casa, só na escola. Imagina a surpresa!

Já a fotógrafa americana Nina Levy desenha nos guardanapos que dá para os dois filhos. Mas, ao contrário de David, atende aos pedidos das crianças, que querem super-heróis e personagens de videogames. De 2006 pra cá, Nina já fez quase dois mil desenhos.

Mas se você não tem habilidade para desenhar, não tem problema. A dica, neste caso, é se esforçar na apresentação dos pratos. Difícil pode ser desmanchar "obras de arte" pra comer. Veja a nossa galeria e inspire-se!

+Como substituir alimentos não saudáveis pelos nutritivos no prato do seu filho