Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cássia Linhares apresenta o filho Antonio Bento em ensaio fotográfico

A atriz revela que já emagreceu 13 dos 20kg que ganhou na gravidez e que adota uma dieta sem lactose e glúten para o filho recém-nascido

CARAS Publicado em 01/10/2013, às 12h52 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Cássia Linhares com o filho Antonio Bento - Paula Massoni
Cássia Linhares com o filho Antonio Bento - Paula Massoni

Um bebê tranquilo, disciplinado e nem um pouco chorão. Com 23 dias de vida, completados na quarta-feira, dia 2, Antonio Bento, filho de Cássia Linhares (39) com o advogado Renato Bussière (39), vem surpreendendo até os próprios pais por fugir à regra dos recém-nascidos. A atriz, mãe de Eduarda (4), vive elogiando o temperamento “maduro” do caçula. Ele manteve o bom comportamento mesmo durante seu primeiro ensaio fotográfico, clicado por Paula Massoni (37), especializada em newborn, que CARAS publica com exclusividade. “Ele é muito bonzinho, um verdadeiro príncipe. Estabeleci uma rotina. Mamadas, por exemplo, têm horários e ele segue tudo rigidamente. Impressionante”, avisa. Totalmente envolvida com a maternidade, Cássia adota dieta sem lactose e glúten, julgando ser mais saudável para ela e o bebê. “Fiz o mesmo com Eduarda e deu supercerto. Ela nunca teve cólica, não fica doente. Então, ao menos enquanto puder ter o controle sobre o cardápio dos meus filhos, acho bacana exercê-lo”, explica a atriz, que já perdeu 13 dos 20kg que ganhou na gestação. Ela mede 1,72m de altura e diz que seu peso ideal é 60kg. “Fui muito desencanada na gravidez, até porque foi a última, queria curtir, mesmo”, assume ela, que, após a série A História de Ester, de 2010, e Rebelde, de 2011, ambas da Record, planeja voltar à ativa nos palcos em peça de Maria Adelaide Amaral (71).

+ Veja fotos fofas de bebês famosos que nasceram em 2013

+ Álbum reúne 20 filhos de famosos com nomes exóticos. Confira!

– É fácil ter um bebê como o Antonio Bento em casa...
– O cansaço existe, mas realmente ele é bem certinho, diferente da Eduarda. Acredito que o fato de ser uma boa mãe ajude.

– Como assim?
– Sou bem disciplinada. Acho bacana seguir horários, deixar pré-determinados os mesmos hábitos. Ao meu ver, assim, as crianças não ficam ansiosas.

– Mesmo não sendo mãe de primeira viagem, Antonio trouxe novas descobertas?
– O menino faz xixi e espirra em tudo. (risos) De madrugada, na hora de trocar a fralda, é preciso tomar cuidado!

– E a experiência do parto?
– Também foi diferente, apesar de ambos terem sido normais. Com Eduarda sofri um pouco mais, parei na emergência de um hospital. Com ele, selecionei uma equipe pequena, só de mulheres, em uma sala quentinha... Não precisei de anestesia, senti a dor na contração. Porém, não deixa de ser um momento muito inesquecível.

– O que mais a emociona?
– Toda vez que vou amamentar. É comovente. Apesar do cansaço, com o peito doendo, temos força para alimentar um ser que depende de você. Parece que existe uma fada do nosso lado para nos ajudar na tarefa...

– Passou por alguma dificuldade na amamentação?
– Poderia ter tido mastite, causada pela obstrução dos dutos mamários, porque tenho muito leite. Tomei remédio, que não faz mal ao bebê, e está tudo bem. Por causa da quantidade de leite, farei até doação, mesmo Antonio mamando muito. Ele não dá folga! (risos) É impressionante como menino é diferente da menina nesse aspecto. Eles sugam bem mais...

– E como Renato participa desses primeiros dias do filho?
– Ajuda até onde pode porque a rotina de trabalho continua para ele. Mas acho importante tê-lo por perto, dividindo todo o processo. Ele é uma pessoa que me entende profundamente. É muito bom ter um grande amor, mas precisa querer ser pai. E ele quer.

– O fato de ter gerado um menino também empolga?
– Está muito animado. Faz planos para levá-lo ao MMA, ao Maracanã. Quer jogar futebol na praia. Pergunto o que será de mim e da nossa filha. Ele diz que nestas horas vamos ao shopping.

– Eduarda está com ciúme de vocês com o bebê?
– Sim. Ela até havia parado com a chupeta, mas tive de comprar uma para ela. Deu uma regredida emocional, mas tentamos contrabalançar. A mãe sofre por ter de se desdobrar em duas. Ainda bem que é muito prazeroso.

– Já dá para perceber com quem o Antonio se parece?
– Acho que os pés e as mãos são meus... Mas ele está muito pequeno para saber. Daqui para frente vai entrar na fase de engorda e poderemos ver melhor.

– Sente-se mais tranquila com o segundo filho?
– Fiquei mais segura. Como fui mãe tarde, tive medo de errar em algo e busquei uma rotina mais tradicional para a Eduarda.

– Tradicional?
– Sim. Estamos nos mudando de uma casa para um apartamento, por exemplo. Idealizei um quarto para Antonio Bento no estilo montessoriano, criei seu ambiente. O berço limita muito. Será substituído por um tatame de borracha no chão e futon orgânico.

– E a vida profissional?
– Devo voltar aos palcos em março com a peça Querida Mamãe, da Maria Adelaide Amaral. Os ensaios estão previstos para começar em janeiro.