CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / GRANDE ALIADA

Valesca Popozuda defende Parada LGBTQIA+ e reforça apoio a comunidade: 'É uma festa de respeito'

Durante coletiva de imprensa, a CARAS Brasil conversou com Valesca Popozuda e falou sobre sua presença na Parada LGBTQIA+, espaço que ela sempre defendeu

Valesca Popozuda foi uma das atrações da Parada LGBQIA+ de São Paulo - Foto: Reprodução / Instagram
Valesca Popozuda foi uma das atrações da Parada LGBQIA+ de São Paulo - Foto: Reprodução / Instagram

Uma das artistas que esteve presente na Parada LGBQIA+ de São Paulo neste domingo, 2, Valesca Popozuda (45) fez questão de defender o evento, que é considerado uma das maiores manifestações do planeta. Em entrevista à CARAS Brasil, ela comentou sobre a importância do espaço de acolhimento. 

"A gente está aqui pra correr atrás das nossas lutas, ra falar por respeito. A gente está nesse século que não dá mais pra ter mimimi. Aqui não é só apenas pra gente celebrar, é muito mais do que o Dia das Mães, acho que é muito mais do que celebrar um Natal, do que celebrar um Ano Novo, sabe? Isso aqui é uma festa de respeito", dispara. 

A funkeira, que durante a tarde esteve presente no Camarote Pride, montado na avenida Paulista, continuou destacando a necessidade de se respeitar o espaço e a história do movimento LGBTQIAP+. Segundo Valesca, todos são bem-vindos na festa da comunidade, com tanto que estão dispostos a respeitar a diversidade. 

Leia também: Valesca Popozuda declara apoio à comunidade LGBT: 'Não estou aqui por modinha'

"Se você quer entrar e respeitar, você será bem-vindo. Agora, se você não está aqui pra isso, você nem chega, acho que é até melhor", afirmou a mãe do MC Pablinho, que já anunciou que também gosta de dar beijos em mulheres. 

Ainda durante o bate-papo, Valesca também comentou sobre o apoio que sempre teve da comunidade. "Lá atrás, eles foram os primeiros que me abraçaram, entendeu? Então, essa bandeira eu sempre disse que eu não carrego ela, ela está aqui junto comigo [apontando para o peito]. Eles foram os que sempre me apoiaram [falando dos fãs LGBT+], foram os que sempre estiveram comigo ali na alegria e na tristeza sabe?", menciona a cantora.