CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / ACUSAÇÃO DE ABUSO SEXUAL

Tia Má pede punição para Leandro Marçal de Casamento às Cegas: 'Gravidade de suas ações'

Leandro Marçal, participante de Casamento às Cegas Brasil, está sendo alvo de grave acusação da ex-mulher, Ingrid Santa Rita

Tia Má cobra punição para participante de Casamento às Cegas - Foto: Reprodução/Instagram/Netflix
Tia Má cobra punição para participante de Casamento às Cegas - Foto: Reprodução/Instagram/Netflix

O episódio de reencontro da quarta temporada de Casamento às Cegas Brasil divulgado pela Netflix nesta quarta-feira, 10, está dando o que falar. A participante Ingrid Santa Rita acusou o ex-marido Leandro Marçal de assédio sexual, o que surpreendeu os apresentadores Camila Queiroz e Klebber Toledo.

Segundo relato da influenciadora digital, Leandro a tocava sem seu consentimento enquanto ela dormia mesmo após pedir para que o homem não tentasse ter relação sexual enquanto ela estivesse dormindo. Ela afirmou que ele não a respeitou.

Nas redes sociais, o público se mostrou indignado com a Netflix, que mesmo diante das acusações convidou o personal trainer para o programa final do reality show de casais e permitiu que a vítima ficasse frente a frente com o acusado de abuso. 

Maíra Azevedo, a Tia Má, se mostrou revoltada com a situação. Em entrevista à CARAS Brasil, ela diz ter acompanhado a temporada e pediu punição para Marçal. O profissional de educação física até o momento não rebateu as acusações. 

"É essencial que Leandro entenda a gravidade de suas ações, se desculpe de maneira formal e legal, não volte a agir dessa forma. E que responda por seus atos", afirma a atriz, que faz reflexão sobre abusos sofridos por mulheres. "E espero que esse episódio nos ajude a ter a compreensão de que corpos femininos não são espaços públicos que todos podem acessar quando quiserem”, diz. 

Tia Má também demonstrou apoio a Ingrid neste momento difícil. "Ingrid merece todo o apoio e acolhimento possíveis. Precisamos garantir que ela tenha acesso à justiça e que casos como o dela sejam tratados com a seriedade que merecem"

A CARAS Brasil procurou a participante de Casamentos às Cegas, mas por uma questão contratual com a Endemol, dona do formato, ainda não pode falar tudo o que deseja sobre o assunto. No mais, ela está sendo amparada por familiares e amigos.