Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / CONHEÇA!

Quem é o marido de MC Katia? Leandro apareceu abatido no velório da pioneira do funk

MC Katia morreu neste domingo, 13, aos 47 anos após complicações da retirada de um mioma

Mariana Arrudas Publicado em 14/08/2023, às 13h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Montagem de fotos de MC Katia e seu marido, Leandro - Foto: Reprodução/Instagram @djldderealengo @mckatiaafiel
Montagem de fotos de MC Katia e seu marido, Leandro - Foto: Reprodução/Instagram @djldderealengo @mckatiaafiel

Pioneira do funk, MC Katia morreu aos 47 anos neste domingo, 13, após complicações em uma cirurgia para a retirada de um mioma. O velório aconteceu nesta segunda-feira, 14, e o marido da cantora, Leandro, apareceu bastante abatido no local.

Leandro é conhecido como DJ Ld e hoje acumula mais de 13 mil seguidores em seu perfil do Instagram. Ele tem publicações com outros nomes do funk, como Tati Quebra BarracoVanessa Apepitosa e também ao lado de sua esposa, MC Katia.

Além de DJ, ele também atua como produtor e usou seu perfil do Instagram para lamentar a morte da esposa. "Estou sem chão, a gente tinha muitos sonhos juntos. Meu Deus, porque isso?", escreveu em uma sequência de Stories.

Leia também:Pioneira no Funk, MC Katia morre aos 47 anos após amputação

"Nossa luta foi grande, minha esposa lutou muito, foi uma mulher guerreira, passamos por muita coisa juntos, estou sem chão [por] terminar dessa forma que terminou. Muito injusto", completou ele, que ainda compartilhou algumas fotos ao lado da cantora.

O velório da artista aconteceu no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro. MC Katia morreu poucos dias após a cantora passar pela amputação de uma parte da perna, em decorrência de complicações de uma cirurgia para retirada de um mioma no útero. Além disso, a artista apresentava diversas outras condições de saúde. 

QUEM FOI MC KÁTIA?

Considerada pioneira do funk carioca, ela começou sua trajetória nos anos 2000. Na época, a artista trabalhava como auxiliar de serviços gerais e era mãe solteira, mas viu sua vida mudar com o lançamento da canção “Ah tá vai me pegar”.

Katia também ganhou notoriedade com a música “Palinha de hematoma”, na mesma gravadora que lançou Anitta. Além do sucesso solo, a cantora também levava o público à loucura com duelos ao vivo com a cantora MC Nem, as duas, inclusive, chegaram a protagonizar forte rivalidade no funk carioca. Ela também voltou aos holofotes ao participar do clipe de Rainha da Favela, estrelado por Ludmilla.