Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / GENTE!

"Preguiça desse vira-lata": ex fez críticas ao cachorro que salvou Ana Hickmann

Ex fez críticas ao cachorro que salvou Ana Hickmann durante briga em sua mansão; apresentadora fez o relato neste final de semana e emocionou os fãs

CARAS Digital Publicado em 28/11/2023, às 09h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
"Preguiça desse vira-lata": Alexandre Correa fez críticas ao cachorro que salvou Ana Hickmann - Reprodução/ Instagram
"Preguiça desse vira-lata": Alexandre Correa fez críticas ao cachorro que salvou Ana Hickmann - Reprodução/ Instagram

Fãs da apresentadora Ana Hickmann resgataram nesta terça-feira, 28, comentários nas redes sociais de seu ex-marido, Alexandre Correa, sobre o cachorrinho Joaquim, que foi adotado pela apresentadora ao ser encontrado na rua.

Na época em que resolveu levar o pet para casa, ela desabafou nas redes sociais. "Bom dia, meus amores! O Joaquim é o meu grudinho. Aonde eu vou, ele vai atrás. Ele até chora se me perde de vista, de tão apegado que é. Meu menino lindo! Já que é assim, aonde eu posso, eu levo comigo. Olha a carinha dele conhecendo o estúdio do Hoje em Dia", disse ela nas redes sociais.

Nesse mesmo post, o empresário deixou um comentário maldoso. "Certa preguiça desse vira-lata", escreveu ele. Na época, ele chegou a criticar a adoção do cachorrinho, algo que também rendeu comentários revoltados na época.

Agora que as publicações surgiram, fãs estão criticando Alexandre Correa. "Falando de si mesmo? Não entendi", disse um. "Nós sabemos que os vira-latas são seres superiores, especialmente superiores a este senhor aí em questão", escreveu outro. "Preguiça nós temos deste homem", declarou outro fã.

Joaquim "salvou" a apresentadora durante briga

Na entrevista corajosa que deu ao Domingo Espetacular exibida neste final de semana, Ana Hickmann contou que foi salva pelos dois cachorros, que começaram a latir quando os dois estavam discutindo e as agressões começara.

"Os meus cachorros estavam atrás de mim, a Fani e Joaquim, latindo muito por conta da briga. Como eles já tinham visto ele gritar muitas vezes, toda vez que ele gritava, os cachorros ficavam muito alterados em casa. E aí, eu gritei: "Pega!", e meu cachorro pegou. O Joaquim voou para cima dele e eu consegui fechar a porta e travar as janelas também", relatou ela. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!