Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Investigação

Polícia de São Paulo abre inquérito para investigar acidente de Rodrigo Mussi

Motorista de aplicativo que levava Rodrigo será ouvido essa semana por suspeita de lesão corporal culposa na direção

Caras Digital Publicado em 04/04/2022, às 13h56 - Atualizado às 14h27

Rodrigo Mussi - Foto: Divulgação
Rodrigo Mussi - Foto: Divulgação

O acidente de Rodrigo Mussi (36) virou inquérito para investigação na polícia. Enquanto o ex-BBB segue internado na UTI, o caso toma novas proporções na Polícia Civil.

Segundo informações da polícia, o motorista de aplicativo que levava Rodrigo após jogo da final do Campeonato Paulista será ouvido ainda essa semana. Rodrigo, ficou gravemente ferido e teve que fazer duas cirurgias, uma por ter tido traumatismo craniâno e outra em suas pernas que tiveram fraturas expostas. 

Confira aqui o andamento das investigações sobre o acidente de Rodrigo Mussi

Kaique Faustino Reis, motorista de aplicativo de 24 anos, foi autuado e é investigado por lesão corporal culposa, quando não se há intenção de causar o acidente. Depois de atingir um caminhão em movimento na Marginal Pinheiros na madrugada da última quinta-feira, Kaique, que não sofreu ferimentos graves, assumiu que dormiu no volante: "Eu só vi o airbag na minha cara, provavelmente devo ter dado uma cochilada, sono, alguma coisa e infelizmente teve esse acidente".

O ex-confinado segue internado no Hospital das Clínicas e seu quadro é considerado delicado. Ontem, 3, o irmão de Rodrigo, Diogo Mussi, atualizou os fãs sobre o estado clínico de Rodrigo que apesar de grave, mostrou melhoras e tem reagido bem às intervenções médicas: "Rodrigo Mussi teve uma melhora significativa nessas últimas 24 horas, progredindo e sua recureção e reagindo muito bem! A função renal melhorou e movimentou os braços e as pernas! Sabemos que você é forte, Rodrigo! A família está comemorando e muito feliz com a notícia!", disse em última nota publicada.