Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Desabafo!

Nívea Stelmann relembra sofrimento com síndrome do pânico: "Uma coisa pavorosa"

A atriz Nívea Stelmann desabafou sobre a síndrome do pânico e contou que chegou a tomar uma decisão drástica por causa da doença

CARAS Digital Publicado em 26/07/2022, às 19h53

Nívea Stelmann relembra sofrimento com síndrome do pânico - Reprodução/Instagram
Nívea Stelmann relembra sofrimento com síndrome do pânico - Reprodução/Instagram

Nívea Stelmann (48) participou do quadro Pizza do Faustão, no programa Faustão na Band, e durante a atração ela relembrou momentos marcantes vividos ao longo de sua carreira e também relembrou o sofrimento que viveu ao ser diagnosticado com síndrome do pânico.

A atriz confessou que a doença fez com que ela ficasse fora do normal, e chegou a tomar uma atitude drástica: deixar o Brasil em busca de segurança. A artista explicou que passou a ter medo excessivo.

A revelação de Nívea sobre a doença aconteceu após Fausto Silva (72) questionar a atriz sobre o momento conturbado que viveu. "Ela passou por um perrengue muito grande em uma época, chegando a morar nos Estados Unidos, quando teve a síndrome do pânico… Muita gente tem essa doença e não percebe que tem", comentou o apresentador.

Em seguida, a artista falou sobre a síndrome e ressaltou que o assunto é considerado um tabu para muitas pessoas. "Olha, as doenças mentais é como um grande tabu, deixando muitas pessoas apavoradas por achar que não se deve tocar nesse assunto. Mas essas doenças estão mais presentes em nossas vidas do que nunca, principalmente depois da pandemia, momento em que muita gente adoeceu", disse ela.

Nívea ainda contou que a síndrome do pânico desencadeou uma série de medos nela. "Eu tinha muito medo de quando começava a escurecer, eu já queria ir logo para casa. O fato de escurecer, para mim, era uma coisa pavorosa. Eu me mudei para os Estados Unidos justamente por causa disso, além do grande medo da violência", explicou.

A famosa afirmou que esse momento conturbado da sua vida ficou para trás. "Quando a gente começa a sentir medo de viver, aí fica muito complicado. Eu tinha medo de ser assaltada, medo de dar um passo… Então, tem hora que a gente tem que dar uma recuada. Porém, depois a gente volta, até porque a vida é feita de ciclos e isso é algo muito importante", completou.

Confira o desabafo de Nívea Stelmann na íntegra:  

Siga a CARAS no Helo e acompanhe nosso conteúdo!