Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Miss Mundo Brasil terá primeira candidata transexual no concurso: ''Realização de um sonho''

Na 61ª edição da competição, Miss Mundo Brasil conta com a presença de Rayka Vieira, primeira mulher trans a concorrer pelo título

CARAS Digital Publicado em 19/08/2021, às 12h16 - Atualizado às 12h19

Miss Mundo Brasil terá primeira candidata transexual - Reprodução/Instagram
Miss Mundo Brasil terá primeira candidata transexual - Reprodução/Instagram

O Miss Mundo Brasil, que acontece nesta quinta-feira, 19, será histórico: a edição conta com a primeira participante transsexual em sua história, a modelo Rayka Vieira (26).

Em entrevista para a Uol, a morena revelou ter começado o sonho de ser miss aos 18 anos. “Pensava ser algo impossível, mas hoje estou aqui”, revelou ela.

É a realização de um sonho. Não imaginava poder chegar aqui um dia. E não quero ser a única. Sou a primeira, mas quero que nos próximos anos tenhas várias outras. E quero que a gente tire esse termo ‘a primeira mulher trans’, ‘a segunda mulher trans’”, declarou a modelo.

Além do trabalho como miss, Rayka também é apoiadora de causas sociais, principalmente a LGBTQIA+, à qual está inclusa. Com o Orgulho Pelo Bem, projeto para ajudar os membros menos favorecidos de sua comunidade, ela tenta garantir profissionalização de jovens, principalmente mulheres transsexuais.

Representando tanta luta, a modelo acabou sendo alvo de várias críticas dos conservadores durante todo o processo. “Minha maior dificuldade foi eu comigo mesma. Confiar em mim mesma. Uma luta contra mim, contra os ‘haters’ nas redes sociais. Tentei não ver [meus perfis] durante o concurso para não me abalar, mas, ao mesmo tempo, muitas pessoas me deram muito apoio, isso me conforta”, concluiu.

Depois de vários adiamentos por conta da pandemia, o concurso para eleger a Miss Mundo Brasil ocorre nesta quinta-feira, 19, no hotel Brasília Palace, em Brasília, e será transmitido ao vivo no YouTube pelo canal TV CNB, às 18h30.