Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Juliana fala sobre investidas frustradas em Renan: "Gostava de infernizar"

A sister eliminada no Paredão contra Ana Paula também falou sobre a relação com a adversária: "Não consigo nem ficar perto"

CARAS Digital Publicado em 24/02/2016, às 08h32 - Atualizado às 09h50

Juliana do BBB16 - Tata Barreto/TV Globo
Juliana do BBB16 - Tata Barreto/TV Globo

Juliana deixou a casa do Big Brother Brasil 16 na noite de terça-feira, 23, após perder a disputa no Paredão contra Ana Paula.

Fora do reality, a dançarina conversou com Carol Paixão no #BatePapoBBB no site oficial do programa, e falou sobre as investidas frustradas em Renan.

"O Renan é um cara bonito, né? O que ele fala, de repente, não é o que ele mostra em relação a isso [relacionamentos]. Falar que tinha uma pessoa [fora da casa]... Só que ele me acordava com carinho, era Ju pra cá, Ju pra lá. E eu também fazia isso porque tínhamos muita afinidade. Gostava de infernizar um pouco ele! Ele fazia tudo isso e depois, tchau, ia dormir, não sei o que lá! Então, por causa disso, estava 'aporrinhando' ele", explicou Juliana sobre a amizade com o brother.

Por outro lado, a sister comentou a relação conturbada com Ana Paula dentro do confinamento. "Não fiquei irritada de ter saído com ela no Paredão. Fiquei feliz, inclusive, dela ter falado comigo no finalzinho, que a gente não tem muito tempo. Eu tentei fazer isso com ela em uma festa e ela não me deu oportunidade, ficou gritando. Foi esse jeito de tirar a harmonia da casa o motivo de votar nela. Mas pessoal, nada, porque não a conheço. Não teve nenhum ataque, nem eu em relação a ela ou ela em relação a mim", contou.

+ Amanda Djehdian ironiza saída de Juliana do 'BBB16': "Vem falar mal de mim aqui fora"

Questionada por Carol se teria uma amizade com a rival fora do programa, a dançarina descartou a possibilidade por considerá-la "chiliquenta". "Fora da casa, não é o tipo de amizade que eu teria, nem um pingo! Porque se eu saio com uma pessoa e ela dá esse tipo de chilique que ela deu lá dentro, ia sair correndo de vergonha. Agora, lá dentro, eu falava, era educada, porque não gosto de climão. Quando ela perguntava alguma coisa, eu respondia. Mas não puxava assunto, não consigo nem ficar perto. Dou um tempinho pra não ficar muito chato e saio", afirmou.