Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Atualidades / Nervosismo

Ricardo Boechat tem ataque de fúria em rádio e deixa fãs perplexos

O apresentador ficou incomodado com um erro que aconteceu na transmissão

CARAS Digital Publicado em 08/02/2019, às 14h15 - Atualizado às 15h10

Jornalista teve um ataque de fúria e foi acusado de assédio por internautas - Reprodução/TV Bandeirantes
Jornalista teve um ataque de fúria e foi acusado de assédio por internautas - Reprodução/TV Bandeirantes

Ricardo Boechat teve um ataque de fúria nesta sexta-feira, 8, após perder a paciência com a produção do programa que apresenta todas as manhãs pela Band News FM.

O jornalista brigou feio com os presentes no estúdio e mostrou que não ficou nem um pouco contente com o desempenho dos profissionais que lá estavam.

Parte da dura foi ao ar na própria rádio, que logo que percebeu o clima tenso, cortou a transmissão. Porém, os internautas ainda conseguiram ver o desenrolar da situação durante o vídeo ao vivo que passa simultaneamente nas redes sociais com a transmissão da rádio.

Tudo aconteceu justamente quando Boechat anunciou uma entrevista que não aconteceria naquele instante. A conversa seria com um membro do Corpo de Bombeiros, só que ao se depararem com o desencontro de informações, os responsáveis pelo programa cortaram a ligação, o que acabou o deixando bem furioso.

"Temos também outro oficial do Corpo de Bombeiros, o Tenente Coronel Douglas... Não? Por que botaram na minha mão então? Toma! Vou devolver esse papel e vocês, quando puderem me acionar adequadamente, me acionem", reclamou ele durante o programa.

Neste momento, o jornalista começou a gritar e a gesticular sua indignação no estúdio. Não é possível ouvir as palavras de Boechat no vídeo, mas é nítido o seu nervosismo com a equipe. O que deixou grande parte dos internautas extremamente revoltados.

Muitos deles fizeram questão de criticar a postura do apresentador, tendo em vista o fato de o programa ser ao vivo e estar propício a imprevistos.

“Houve um erro, o programa é ao vivo... O Boechat não foi justo ao reagir dessa forma", disse um internauta. "Acho que isso configura assédio moral! Cabe processo. Mas o mais importante é a retratação em público agora", declarou outro usuário das plataformas. “Não tinha essa imagem dele, alguém que demonstra ser tão culto, agir com essa agressividade”, pontuou um terceiro.