Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / PODCONTIGO!

Geraldo Luís desabafa após saída da Record e comemora: "Liberdade"

Em participação no Podcontigo!, Geraldo Luís revelou que sugeriu programas populares para a Record TV, mas foi rejeitado

por Surenã Dias

sdias_colab@caras.com.br

Publicado em 14/07/2023, às 19h00 - Atualizado em 12/09/2023, às 13h26

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
No Podcontigo!, Geraldo Luís revelou bastidores de saída da Record TV - Foto: Reprodução / Youtube
No Podcontigo!, Geraldo Luís revelou bastidores de saída da Record TV - Foto: Reprodução / Youtube

Poucos meses após de deixar a Record TV, o apresentador Geraldo Luís (52) não tem dúvidas que tomou a decisão certa. Depois de 16 anos na emissora paulistana, ele decidiu ir atrás de novas oportunidades e garante que o sentimento é de "Liberdade"

Em participação no Podcontigo!, Geraldo Luís detalhou que estava se sentindo preso dentro da emissora e que não estavam valorizando seu trabalho como deveria. Segundo o comunicador, ele chegou a oferecer diversos projetos, mas nenhum foi aceito pela diretoria. 

"Eu que pedi para sair, mas judicialmente foi um acordo. Se não tenho mais programa, não tenho mais espaço, se não me querem da forma que eu gostaria de dar para a emissora...", disparou ele, que completou: "Eu toparia tudo, até um [programa de] 'Sabadão' eu ofereci".

O famoso, que ficou conhecido por comandar o programa Balanço Geral, acredita que deixou a emissora na hora certa. "Eu sai sem saber que portas televisivas seriam abertas, mas eu saí com a certeza de que eu teria que ir embora. Foi um grande ciclo", disse.

"Tem gente que passa vergonha na televisão, porque não sabe o tempo de parar. É como jogador, tem que saber o time dele: 'to velho, até aqui foi legal'. E foram 16 anos, ninguém fica com alguém que não foi legal por 16 anos", completou. 

Além de ter sido um dos grandes nomes do jornalismo da Record, Geraldo também esteve à frente de um dos programas mais populares da casa, o Domingo Show. De 2014 a 2020, ele chegou a disputar com fortes atrações da TV Globo, gerando ótimos números. 

Apesar de sua trajetória de sucesso, nos últimos anos o comunicador foi colocado na 'geladeira' e recentemente foi escalado para se tornar repórter da madrugada da Record. Na época, muitas pessoas fizeram críticas, apontando um certo rebaixamento. Segundo Geraldo, a proposta provocou problemas de saúde e ele não conseguiu dar seguimento. 

"Se eu não tivesse dado meu grito de liberdade, eu não estaria aqui. Porque eu nada podia, não estava mais sendo o Geraldo Luís. Lá na Record eu já estava tendo essa abstinência [de aparecer na TV], porque eu queria voltar para o domingo, fazer um talk show. Eu apresentei mais de seis projetos", declarou. 

Leia também: Geraldo Luis assina contrato com nova emissora de TV após deixar a Record TV

Geraldo ainda destacou que sente falta de atrações mais populares na televisão brasileira e acredita que tem o necessário para dar audiência. "É a primeira vez que a minha voz descansa, mas eu não quero descansar, porque eu tenho desejo em contar histórias e viajar". 

"Vocês estão olhando para um cara que não tem vergonha de ser popular, de falar popular, de fazer matérias populares, contar histórias populares e falar de uma linguagem que o povo gosta. Eu sou o bolo de fubá da TV brasileira, sou o feijão com arroz", finalizou.