Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Romance

Fernando rebate críticas sobre namoro entre idas e vindas com Maiara

Sertanejo Fernando Zor faz post com desabafo após críticas por causa do namoro iô-iô com Maiara: 'Não devemos nada para ninguém'

CARAS Digital Publicado em 16/07/2022, às 17h47

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fernando Zor - Foto: Reprodução / Instagram
Fernando Zor - Foto: Reprodução / Instagram

O cantor sertanejo Fernando Zor (38), da dupla com Sorocaba (41), voltou a aparecer com a cantora Maiara (34), da dupla com Maraísa (34), após mais uma separação. Os dois vivem entre idas e vindas há alguns anos e parece que estão juntos novamente. Assim, os internautas fizeram críticas para o relacionamento iô-iô do casal e ele rebateu os comentários maldosos.

Em um post no Twitter, Fernando desabafou sobre o seu jeito de viver o relacionamento. “Uai, deixa a gente viver do jeito que nós achar bom ué! As vezes nós damos uma estranhada, mas não demora uma semaninha para nós se embolar de novo! Nós não devemos nada para ninguém, nós trabalhamos, nós ganhamos o nosso dinheirinho e nós nos amamos”, disse ele.

A reconciliação de Maiara e Fernando foi revelada por ela na última sexta-feira, 16, quando eles apareceram juntos em um novo vídeo no Instagram dela. Na imagem, os dois apareceram deitados em uma cama enquanto respondiam perguntas de sim ou não sobre curiosidades da vida.

Fernando rebate críticas

Fernando rebate comentário sobre 'chifre'

O cantor Fernando Zor (38) se pronunciar após ver um comentário sugestivo de Maiara sobre traição e 'chifre'. Fernando Zor fez um comentário em um post do site Hugo Gloss no Instagram e se defendeu dos boatos. “Só se ela estava levando [chifre] de outro alguém, porque de mim não é”, disse ele nos comentários do post que relatava o comentário de Maiara.

Ela disse que estaria sofrendo com uma 'dor de chifre' durante um show em Paranaíba, no Mato Grosso do Sul. “Ai! Tá doendo o chifre aqui, ó! Quando o chifre dói, aí que a voz sai, pensa! Quando o chifre dói, aí que a voz sai bonita”, disse ela.