CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / Separação

Ex-mulher de Daniel Alves relembra motivo do fim do relacionamento

Ex-mulher de Daniel Alves diz que não quer mais defender o ex-marido enquanto ele estiver na prisão

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 05/10/2023, às 16h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Daniel Alves - Foto: Getty Images
Daniel Alves - Foto: Getty Images

Ex-mulher do jogador de futebol Daniel Alves, Dinorah Santana surpreendeu ao relembrar o motivo do fim do casamento deles. Os dois ficaram juntos por 10 anos e tiveram dois filhos. Hoje em dia, eles estão separados há 12 anos e ele está preso na Espanha sob acusação de estupro contra uma mulher em uma boate. Agora, ela concedeu uma nova entrevista sobre o ex-marido.

Dinorah relembrou o fim do casamento deles. "Ter sido casada com ele não foi nada fácil, principalmente pelas traições que motivaram o fim da relação. Ele me traiu com muitas mulheres e eu nunca falei. Sempre me mantive quieta para não prejudicar a imagem. Meu único pedido era que ele fosse um bom pai, mas ele foi cruel. Sei como meus filhos se sentem", afirmou ela ao colunista Lucas Pasin, do site Splash UOL. 

Então, ela contou que se arrepende de ter defendido o ex-marido em entrevistas que deu há pouco tempo e diz que não vai repetir sua atitude. "A minha expectativa é ficar o mais longe possível do senhor Daniel. Nada que ele faça ou deixe de fazer importa. Ele não existe mais. Cheguei a defendê-lo publicamente e me arrependo muito. Hoje não quero saber de sua existência. Para mim, ele morreu", disse ela. 

E completou: "Ajudei por ser o pai dos meus filhos e me arrependo justamente porque ele parece não se importar com isso. Sinto que fui usada, colocada como uma boneca para repetir frases. Disseram: 'Traga as crianças para Espanha, venha', e eu fui. Advogados me passaram falas decoradas no aeroporto, para falar com os jornais, e eu fiz. Na hora só pensei que o certo era defendê-lo. Mas quando eu não fui mais interessante para ele e nem para seus advogados, ele sumiu". 

Advogado abandona o caso de Daniel Alves

O jogador de futebol Daniel Alves perdeu o seu advogado defesa durante a sua prisão na Espanha por acusação de estupro de uma mulher em uma boate. Nesta quinta-feira, 5, a TV Antena 3, da Espanha, informou que o advogado do atleta abandonou o caso dele.

O advogado dele era Cristóbal Martell, de 61 anos, que é venezuelano e ficou conhecido por defender políticos e também Lionel Messi quando ele teve problemas de fiscais. Segundo a reportagem internacional, ele teria considerado que o caso do jogador está perdido e que ele deve ser condenado. Assim, ele fez um acordo para deixar o caso.

Agora, a defesa de Daniel Alves deve ser assumida por uma advogada de 35 anos, chamada Inés Guardiola, que é especialista em direito penitenciário. No momento, o jogador aguarda o julgamento em regime fechado.

Ele está preso em Barcelona desde o dia 20 de janeiro. Desde então, ele teve seus pedidos para responder em liberdade negados pela justiça.