CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / Eita!

Ex-apresentador de telejornal é preso em flagrante por tráfico

Pego em flagrante! Ex-apresentador de telejornal do SBT é preso em Santos por tráfico de drogas; o comunicador foi detido com mais oito suspeitos

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 29/02/2024, às 12h26

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ex-apresentador é preso em flagrante - Reprodução/Instagram
Ex-apresentador é preso em flagrante - Reprodução/Instagram

O jornalista e ex-apresentador Marcelo Carrião foi preso nesta quarta-feira, 28. O comunicador foi pego em flagrante fazendo tráfico de drogas. A prisão aconteceu no litoral de São Paulo, em Santos. Segundo informações do G1, ele foi detido com mais oito suspeitos.

Conforme apurado pelo portal, durante as investigações Marcelo Carrião é citado como 'fornecedor' dos entorpecentes. Durante a mesma operação, as autoridades localizaram três estufas de plantação de maconha em uma casa na Rua Joaquim Nabuco, no bairro Vila Matias.

.A operação, foi chamada de 'Dama de Ferro', contou com com 39 agentes e 14 viaturas, de acordo com o delegado Fabiano Barbeiro, da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic).

"Nos locais, foram encontrados os suspeitos com uma quantidade de droga que ainda estamos apurando. Neste [local], em particular, encontramos uma plantação de dois irmãos que são fornecedores de drogas para um dos alvos [da operação]", afirmou o delegado Barbeiro.

Nascio em São Paulo, Marcelo Carrião se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos, em 1995. Seu último trabalho como repórter teria sido como apresentador no SBT.

A sentença de Daniel Alves

Na manhã desta quinta-feira, 22, o jogador de futebol brasileiro Daniel Alves compareceu ao tribunal em Barcelona,  na Espanha, para receber seu veredito de forma antecipada. O ex-atleta foi condenado a uma sentença de 4 anos e 6 meses de prisão, juntamente com uma ordem de indenização para a vítima de agressão sexual, após o julgamento no início de fevereiro

Conforme relata o G1, Daniel compareceu ao tribunal ao lado de sua equipe jurídica. Ao receber a sentença, a violência do caso foi enfatizada: "O acusado agarrou bruscamente a denunciante, a derrubou ao chão e, impedindo-a de se mover, penetrou-a vaginalmente, apesar de a denunciante dizer que não, que queria ir embora", diz parte do documento.

"Isso se configura a ausência de consentimento, com o uso de violência, e com acesso carnal", está escrito em outro trecho da condenação do jogador de futebol, que passou por um julgamento de três dias. Ele foi acusado de ter estuprado uma mulher em uma boate, em Barcelona, em dezembro de 2022, pouco tempo após defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

Inicialmente, a leitura da sentença estava programada para meados de março, mas foi a conedenação foi antecipada duas semanas após o julgamento. Daniel, que estava em prisão preventiva desde janeiro do ano passado, permanecerá recluso, de acordo com informações do G1. Além disso, o jogador precisa passar nove anos longe da vítima.

O ex-atleta brasileiro também foi intimado a pagar uma indenização à mulher, no valor aproximado de 150 mil euros, cerca de R$ 804 mil. Ademais, Daniel será responsável por cobrir os custos do processo. Após cumprir sua pena, ele terá liberdade supervisionada por cinco anos. A defesa do ex-jogador ainda tem a possibilidade de recorrer da decisão.