Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Saúde

Datena desabafa após internação por Covid-19: 'A coisa foi feia'

Datena conta como se sentiu ao ser diagnosticado com Covid-19 e ficar internado: 'Eu quase bati o sino'

CARAS Digital Publicado em 18/07/2022, às 20h54

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Datena no programa Brasil Urgente - Foto: Reprodução / Band
Datena no programa Brasil Urgente - Foto: Reprodução / Band

O apresentador José Luiz Datena (65) surpreendeu ao dar o seu depoimento sobre o período internado com Covid-19. Ele contou sobre como sentiu e que chegou a ter momentos difíceis em sua luta contra a doença.

Em conversa com Cátia Fonseca (53) na programação da Band, Datena contou que pensou que pudesse morrer. “A coisa dessa vez foi feia. Vou contar uma coisa pra você, a trombada foi feia. Há muito tempo já venho alertando as pessoas que essa história da Covid não acabou. A gente abriu a guarda muito cedo, pra continuar usando máscara, eu fiz isso com quatro doses de vacina. Todo mundo tem que tomar essas atenções porque, de repente, tem gente que pega e não sente nada. Eu quase bati o sino. Pelo menos uns dois dias eu senti que não ia passar por essa daí. Foi uma paulada violenta”, disse ele.

Então, ele desabafou: “Eu já tive tumor no pâncreas, eu tenho seis stents colocados por causa de infarto e tem um problema sério com diabetes altíssima. Mas, de todas as doenças que eu enfrentei que foram graves, essa foi a que eu senti que talvez eu não sobrevivesse, apesar de grandes médicos. Teve dois dias que eu achei que os sinos tinham tocado para mim. Fiquei muito mal”.

Datena ficou uma semana longe do programa Brasil Urgente, da Band, enquanto se recuperava no hospital.