CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / Personalidade

Carolina Dieckmann relembra como surgiu a fama de antipática

Carolina Dieckmann rebate os rumores de que seria uma pessoa antipática: 'Não há negociação'

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 18/01/2023, às 15h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Carolina Dieckmann - Foto: Reprodução / YouTube
Carolina Dieckmann - Foto: Reprodução / YouTube

A atriz Carolina Dieckmann rebateu os rumores de que seria antipática. Em uma participação no podcast Quem Pode, Pod, de Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme, ela contou que a fama de que seria uma pessoa antipática surgiu quando precisou ser mais firme em sua vida.

Na atração, Ewbank declarou: “Você tem essa coisa de ser muito na sua e pelo jeito, no trabalho você também é. Você acha que vem daí essa coisa das pessoas acharem que você não é tão acessível?”. Então, Dieckmann respondeu com sinceridade. “Eu acho que tem mais a ver com a minha firmeza. Nos momentos em que a minha vida profissional tentou atropelar a minha vida pessoal, eu falei: 'não'. E um 'não' firme. Não há negociação. Minha vida particular não entra em negociação”, disse ela.

Inclusive, ela lembrou uma situação na época de sucesso do programa Pânico. “Vieram em cima de mim de um jeito e eu falei: 'não, vocês não vão entrar aqui. Eu não estou nem aí que vocês são o maior sucesso do Brasil'. Era um andaime na frente do meu prédio, filmando a minha casa, gritando e me xingando na porta”, relembrou.

Por fim, ela refletiu sobre a fama de antipática. “Até hoje, quando uma pessoa fala de antipatia e liga isso a mim, é uma dor. E essa dor não tem cura. Quando uma pessoa mal interpreta ou cria uma coisa comigo, uma barreira, só vai curar no dia que ninguém mais falar sobre isso”, declarou.

Carolina Dieckmann fala sobre sua vida sexual

Também no podcast Quem Pode, Pod, Carolina Dieckmann contou sobre os seus parceiros sexuais ao longo da vida e sua vida íntima com o marido, Tiago Worcmann. Na atração, ela disse: “Fernanda, você sabe a minha biografia. Foi o Vitor Hugo, Marcos Frota”. E Fernanda Paes Leme contou: “Vitor Hugo, Marcos Frota e o Tiago Worcman”, citando o atual marido de Dieckmann. E a loira completou: “Sim, teve o Rafael Muller antes e teve o nem, era um nem da escola. É papo de contar nos dedos”. Ao ser questionada se revela o número de parceiros sexuais que já teve, Carolina afirmou: “Aí, eu conto numa mão só”.

Logo depois, Carolina Dieckmann contou sobre a vida sexual com o marido. “Bastante, mas não é todo dia, não. Nem nunca foi. Não tem isso de todo dia, gente”, afirmou ela. Na sequência, ela contou que não é adepta dos brinquedos na intimidade. “Eu não tenho muito tempo pra usar. O Tiago não me dá esse tempo. Não tenho esse tempo. E eu prefiro um bilhão de vezes mais o negócio vivo, quente, temperatura da pele”, afirmou.