Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Atualidades / POLÊMICA

Bruna Marquezine critica campanha de marca de cosméticos inspirada em Brumadinho; Confira as fotos!

Após ataque na web, marca divulgou comunicado com pedido de desculpas

CARAS Digital Publicado em 29/01/2019, às 13h11 - Atualizado às 13h23

Campanha da Jendayi Cosméticos - Reprodução/Twitter
Campanha da Jendayi Cosméticos - Reprodução/Twitter

Com o objetivo de pegar carona na repercussão da tragédia de Brumadinho (MG), onde uma barragem se rompeu na última sexta-feira, 25, deixando várias pessoas mortas, uma marca de cosméticos lançou uma campanha publicitária na web, que foi duramente criticada por famosos e internautas.

A Jendayi Cosméticos divulgou um ensaio, intitulado Brumadinho Clama, no qual fotografou modelos de idades diferentes, cobertos por lama e segurando a bandeira do Brasil. Segundo a marca, foi uma forma de protesto. No entanto, a campanha gerou polêmica na internet e repercutiu negativamente entre o público, que a classificou, em sua maioria, como oportunista. 

A atriz Bruna Marquezine, que vem comentando sobre a tragédia em suas redes sociais, já havia classificado o ocorrido como negligência. “Não é desastre ambiental. É ganância, descaso, é a certeza da impunidade. É cruel. E é crime”, escreveu.

Ao se deparar com a campanha da Jendayi Cosméticos a atriz twittou: “Volta Jesus”. 

As fotos também não passaram despercebidas pela ex-participante do Big Brother Brasil, Ana Paula Renault, que questionou: “Você está de sacanagem, né?”.

Internautas criticaram a marca: “Não dá nem pra acreditar nisso, apenas oportunistas que estão usando a dor alheia pra lucrar. Que raiva!”, twittou uma. “Podiam ter usado o dinheiro de maneira mais sensata, por exemplo: ajudando as vítimas”, avaliou outra.

Em nota, a Jendayi Cosméticos pediu desculpas pela gafe: “Em nenhum momento tivemos a intenção de ofender as vítimas do crime ambiental em Brumadinho. As fotos tinham a intenção de protestar e jamais de se aproveitar da situação. Reiteramos nossos pedidos de desculpas às vítimas e a sociedade em geral por nossa campanha mal elaborada. Nossas mais sinceras condolências as vítimas e ajudaremos no que for possível”.