CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / OPINIÃO MÉDICA

BBB 24: Ataque de raiva ou surto psicótico? Como o caso de Leidy Elin acende alerta sobre saúde mental

No BBB24, Leidy Elin jogou as roupas de Davi na piscina, a atitude foi um surto psicótico ou ataque de raiva? Especialista esclarece sobre o episódio

Leidy Elin e Davi protagonizaram uma briga após dinâmica do Sincerão - Globo/Fabio Rocha
Leidy Elin e Davi protagonizaram uma briga após dinâmica do Sincerão - Globo/Fabio Rocha

Nesta última segunda-feira, 11, ocorreu a dinâmica do Sincerão no BBB 24. Só que dessa vez os nervos ficaram ainda mais aflorados. Após o jogo, a participante Leidy Elin (24) jogou as roupas de Davi (21) na piscina. A atitude da sister não foi vista com bons olhos fora da casa. Alguns chegaram a falar que ela estaria desequilibrada ou em surto psicótico.

Em entrevista à CARAS Brasil, a Dra. Adriele Ferreira Neves, médica psiquiatra, comenta sobre o caso. A especialista menciona que o episódio de Leidy, ao jogar as roupas de Davi na piscina, pode ser considerado como um acesso de raiva. 

"Diante do contexto em que ocorreu, em uma situação de tensão e briga, a participante pode ter perdido o controle e ter expressado sua raiva de forma impulsiva e violenta, agindo então de modo imprudente, sem pensar nas consequências de suas ações, provavelmente com o intuito de aliviar o desconforto emocional que estava vivenciando", declara.

Apesar disso, a Dra. Adriele esclarece que não se trata de um surto psicótico: "O acesso de raiva e o comportamento da participante nesse caso, a meu ver, ocorreu de forma reativa a uma briga e não associado a sintomas psicóticos".

"O surto psicótico tem como principal característica a fuga ou a perda do contato com a realidade, em que a pessoa não consegue entender ou diferenciar o que é fruto de sua imaginação ou não e mostra sintomas como alucinações (visuais ou auditivas) e/ou delírios (pensamentos distorcidos da realidade, falsos e irracionais)", analisa.

Por fim, a Dra. Adriele foi questionada sobre como o reality do Big Brother Brasil pode alterar o emocional dos participantes: "O BBB cria um ambiente onde tudo é uma competição, com provas
desafiadoras e castigos capazes de estressar, provocar, gerar conflitos e tensão entre os
participantes".

"Pessoas diferentes e desconhecidas são forçadas a se isolar de tudo e de todos que fazem parte da sua vida fora da casa do BBB, são obrigadas a conviver e ficar confinadas em um espaço pequeno e repleto de estímulos visuais decorativos, dividir o mesmo quarto, compartilhar a comida, lidar com a falta de conforto e comodidade", complementa.

"Tudo isso, aliado à falta de sono, à percepção de que nada parece estar sob o seu controle e à falta de informações externas pela proibição do acesso aos meios de comunicação e às redes sociais, tornam o programa mais difícil de ser suportado e causam um estado de instabilidade emocional e de alto risco para a saúde mental", finaliza.

Não pegou bem

O apresentador da atração, Tadeu Schmidt (49),mandou um recado aos brothers depois da atitude de Leidy Elin jogar as roupas de Davi na piscina. Após o recado público e o fim do programa, a trancista revelou para os brothers que já tinha sido repreendida no confessionário mais cedo, quando foi fazer seu Raio-X