Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / THAINÁ DUARTE

Atriz de Cangaço Novo relembra constrangimento em primeiro take da série: 'Gostaria de esquecer'

Em entrevista à CARAS Brasil, Thainá Duarte revela bastidores da série Cangaço Novo e reflete sobre trajetória artística

Thainá Duarte estrela Cangaço Novo como Dilvânia - Foto: Jorge Bispo
Thainá Duarte estrela Cangaço Novo como Dilvânia - Foto: Jorge Bispo

Thainá Duarte estrela a série Cangaço Novo, do Prime Video, como a personagem Dilvânia. Em entrevista à CARAS Brasil, a atriz revela bastidores da trama e reflete sobre trajetória artística, além de relembrar constrangimento em primeiro take da série: "Gostaria de esquecer".

"No primeiro take de toda a série, eu - bonita e inteligente, além de muito sagaz - no primeiro 'ação' que o diretor falou, tropecei em um galho e caí. Para a alegria de todos, me levantei bem, mas é uma memória que tenho - e que talvez gostaria de esquecer [risos]", entrega Thainá Duarte, de Cangaço Novo.

Além da recordação do primeiro dia de filmagens da série, a atriz compartilha outro momento marcante na produção: "Uma memória muito bonita é a do teste de câmera quando estávamos eu, Alice [Carvalho] e Allan [Souza Lima] experimentando o que eram esses irmãos e alguns dos cenários da série. Nesse dia, a gente não tinha ideia do que estava por vir, mas foi como se parte dos vaqueiros nascesse naquele encontro, na frente da câmera. O material final ficou muito mais bonito do que esperávamos e aquilo deu um gás de começar realmente as filmagens. Os personagens se apresentaram. A história se apresentou".

"Estar nas salas de ensaio e sets de filmagem, dava vontade de botar a pipoca para estourar e ficar assistindo. Foram seis meses na Paraíba em que acabamos virando uma família cangaceira e cada um deu muita força para o outro durante o processo", comenta Thainá Duarte.

Com uma longa história de preparação para viver Dilvânia em Cangaço Novo, Thainá Duarte conta que a relação com o papel veio anos antes de ser selecionada: "Acredito que minha relação com a Dilvânia tenha começado em uma pesquisa de outra personagem que realizei em 2014: a Isaura, no filme Mundo Cão".

"Isaura é uma personagem muda e, para interpretá-la, passei semanas tendo aula de libras e frequentando Helen Keller, que é uma escola pública para alunos surdos. Isso me deu uma bagagem preciosa de estudo de um novo tipo de linguagem que não fosse a verbal. Muito da linguagem de sinais e da linguagem corporal que trabalhei em Isaura está na Dilvânia. De certa forma, a considero uma personagem que carreguei por sete anos para amadurecer no Cariri Paraibano", acrescenta.

Entre projetos e novidades para o futuro, a artista vai viver o próximo par de Gabriel Leone no filme Barba Ensopada de Sangue. "Gabriel é um geniozinho, trabalhar com ele foi muito divertido! A história do Daniel Galera traz um ambiente completamente diferente do que o de Cangaço, o que contribui para um tipo de atuação que ressoa em um lugar extremamente particular. A direção de Aly Muritiba nessa dobradinha que fizemos, com Cangaço e, em seguida, o Barba, gerou a oportunidade de desenvolver um trabalho de forma ainda mais artesanal".

Leia também: Luciana Gimenez mergulha em retrospectiva ao falar de Mick Jagger, paixões e maternidade

Com dez anos de trabalhos no meio do audiovisual, Thainá Duarte reflete sobre a trajetória com sua carreira artística e a paixão pela profissão: "Pensei em desistir algumas vezes no caminho, mas existe uma chama que não apaga dentro do meu peito e que pede de volta seu espaço de ser. É aí que a arte te chama de volta. [...] Meu caminho profissional se fez com perseverança e estudo, mas, sobretudo, com um pouquinho de mágica e uma paixão misteriosa pelo ofício que - por coincidência - se esconde no meio do meu sobrenome".