Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Homenagens

Artistas exaltam representatividade da atriz Léa Garcia: ''Obrigado por abrir caminhos''

Atriz Léa Garcia morre aos 90 anos horas antes de receber homenagem e famosos lamentam a partida da artista nesta terça-feira, 15

Andrea Paiva

por Andrea Paiva

andrea.paiva_colab@caras.com.br

Publicado em 15/08/2023, às 10h18

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Artistas prestam homenagens a Léa Garcia - Reprodução/Instagram
Artistas prestam homenagens a Léa Garcia - Reprodução/Instagram

A atriz Léa Garcia faleceu na manhã desta terça-feira, 15, aos 90 anos e a notícia da morte abalou famosos e fãs. Nas redes sociais, artistas fizeram questão de homenageá-la.

Uma das grandes damas da dramaturgia brasileira, Léa Garcia sofreu um infarto em Gramado, no Rio Grande do Sul, onde estava para receber homenagem no Festival de Cinema de Gramado.

A informação foi confirmada pelos familiares da estrela em publicação. "É com pesar que nós familiares informamos o falecimento agora na cidade de Gramado da nossa amada Léa Garcia", diz a mensagem sem mais detalhes sobre a causa da morte.

Veja algumas homenagens para Léa Garcia:

Lázaro Ramos, ator: "Eu não sei como fazer esta despedida, Dona Léa. Dói. Sua vitalidade, sua força, sua jovialidade e seu talento sempre foram inspiradores. Poder trabalhar com a senhora foi um sonho alimentado por anos, e realizado com muita celebração. Obrigado por abrir caminhos para nós e por em cada aparição sua nos hipnotizar com esse olhar único e interpretações poderosas. Te honro, te celebro e te amo".

Zezé Barbosa, atriz: "Amor! Rainha absoluta... Obrigada por ser inspiração e força em minha trajetória. Te amo pra sempre! Muita compreensão e força a todos nós que a amavam!"

Rafael Zulu, ator: "Foi uma honra ter vivido o mesmo tempo que a Senhora. Vá com Deus Dona Léa Garcia".

Manoel Soares, apresentador: "Rainha Léa Garcia, por muito tempo sua luz vai invadir nossos universos e iluminar as caminhadas dos nossos descendentes. Cada sorriso, cada entoada de voz, cada olhar foi uma aula de afeto e coerência entre arte e vida, o tempo se curvou ao seu encanto obedecendo a melodia de sua existência. Sua saída deste corpo físico nos deixa tristes, mas a certeza que você está aqui e em nós, conforta, pois foi isso que você nos deu sempre, conforto. Obrigado, Rainha".

Rodney William, babalorixá e antropólogo: "Eis que na manhã desta terça-feira acordamos com a notícia da morte de uma das homenageadas desta edição do festival, a grande Lea Garcia. Uma presença que se eterniza em festa. Aplausos que ecoam do Sul para o Brasil, para o mundo e resplandecem no poderoso Orun, onde os orixás celebram alegremente sua chegada".

Fred Nicácio, médico e ex-BBB: "Ahhh Dona Lea se foi. E deixou esse mundo menos artístico. Obrigado por tantos anos de doação a arte. Uma Griô! Pioneira e fonte de representatividade, marcou a história do Teatro, da TV e do Cinema. Bom descanso, Ancestral!"

Dan Ferreira, ator: "Eterna em sua arte! Obrigado pelo legado, Dona Léa! Que bom que eu pude lhe agradecer no avião e na grande sala em gramado!"

Dadá Coelho, atriz: "A rainha da arte dramática, nossa estrela maioral, Léa Garcia, nos deixou. Ela tava em Gramado e ia ser homenageada. Muito triste, triste. Que vida bonita. Uma força e carisma indescritíveis. Léa continuará brilhando no firmamento. Obrigadadá por esse momento @joel_zito_araujo. Eu jamais ‘esquecerei nas retinas dos meus olhos tão fatigados’. Obrigadadá, Léa".

Ary Fontoura, ator: "Mais uma partida que nos deixa tristes. Obrigado, Léa Garcia, por toda a sua arte na TV, teatro e cinema. Você sempre será lembrada com muito amor e com muita importância para todos nós. Descanse em paz".

Léa Garcia viveu casamento com intelectual e deixa filhos, netos e bisnetos e tataraneta

A morte da atriz Léa Garcia aos 90 anos nesta terça-feira, 15, deixou os fãs de luto. Considerada uma das grandes artistas da história da dramaturgia brasileira, ela partiu deixando uma família grande construída ao longo de sua história.

Ao todo, ela deixa três filhos, três netos, dois bisnetos e uma tataraneta. A trajetória da artista começou cedo, quando ela se casou quando ainda era menor de idade. "Fui mãe aos 17 anos. Ao fazer um curativo no umbigo do meu primeiro filho, quase caí desmaiada (risos). Quando me tornei avó, senti uma continuidade da minha vida, foi algo muito forte. Há sete meses, nasceu minha tataraneta. É uma vitória, percebo que estou sendo resistente", declarou ela no ano passado.