Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Atualidades / CASO NEYMAR JR.

Após passar mal e sair carregada da delegacia, Najila Trindade não tem quadro de saúde divulgado

Mulher que acusou Neymar passa mal após prestar depoimento por 4h30

CARAS Digital Publicado em 08/06/2019, às 11h27 - Atualizado às 12h44

Resultado de exames pode dar nova cara para a investigação - Divulgação/Record TV
Resultado de exames pode dar nova cara para a investigação - Divulgação/Record TV

Após prestar depoimento na 6º Delegacia de Defesa da Mulher em São Paulo, na última sexta-feira, 7, Najila Trindade, mulher que acusou Neymar Jr. de estupro precisou ser levada as pressas para o hospital mais próximo da região.

Carregada no colo de seu advogado, Danilo Garcia de Andrade, a modelo foi levada inconsciente a uma UBS próxima à Cidade Dutra. Segundo apuração do portal Uol Esporte, a modelo chegou a ser alimentar com um sanduíche e depois se sentiu mal. Amparada até uma escada antes de deixar a delegacia, a loira saiu coberta com um casaco preto. De acordo com laudos, a pressão da jovem teria caído.

Até o momento, ainda não há informações sobre o estado de saúde de Najila!

ACUSAÇÃO

Ao contar a sua versão do segundo encontro, Najila se atrapalhou diversas vezes e ao ver que sua fala estava sendo transcrita resolveu dizer que não deixou o celular o tempo inteiro gravando o momento com o jogador.

Quando solicitada a entregar o vídeo na íntegra, a acusadora de Neymar Jr. disse não tê-lo mais, pois o arquivo estaria no tablet que foi roubado na suposta invasão a seu apartamento. Segundo ela, o registro sobre a invasão não foi feito com autoridades, pois não sabia exatamente o que havia sido levado. A polícia investigou o imóvel e só encontrou impressões dela e da empregada.

Nos últimos dias, o ex-marido, Estivens Alves, que teria tomado uma facada de Najila, também se pronunciou para defender o filho deles.

ENTREVISTA

Najila Trindade  deu entrevista pela primeira vez sobre o caso de estupro, na noite da última quarta-feira, 5, no SBT. Em conversa com Roberto Cabrini, a loira afirmou que foi violentada em 15 de maio, quado foi a Paris para se relacionar sexualmente com o atacante do PSG. 

"Eu perguntei se ele trouxe preservativo e ele disse não. Então comentei que não aconteceria nada. Ele estava agressivo, bem diferente das mensagens. Ele começou a me bater e começou a me machucar. Pedi para ele parar e ele continuou. Ele me virou, cometeu o ato e continuou me batendo violentamente", revelou a jovem que mantia contato com o ídolo de futebol pelo WhatsApp.

"Fiquei em estado de choque. Não consegui chorar e nem falar nada. Não consegui reagir no primeiro momento. Depois, se eu não falasse normalmente com ele, ele não falaria mais comigo e eu não poderia provar. Quero justiça, estou traumatizada e quero que ele pague pelo que ele fez. Não precisava ter feito aquilo comigo", declarou a estudante de Design de Interiores.

A assessoria de imprensa do atacante divulgou na noite de sexta-feira, 7, um comunicado oficial sobre o assunto. Veja abaixo na íntegra!

A NR Sports, detentora exclusiva dos direitos de exploração comercial da imagem, nome e marcas do Atleta Neymar Jr. desde 2006, esclarece: Em relação às notícias veiculadas hoje na imprensa acerca da “perda de patrocínios do Atleta Neymar Jr”, esclarecemos que não houve rompimento de nenhum contrato atualmente em vigor após a divulgação da grave acusação contrato o Atleta.

Em conjunto com alguns parceiros e patrocinadores a NR Sports está suspendendo algumas campanhas diante da gravidade das injustas acusações e, sobretudo, da categoria de marcas endossadas. Todos, por questões obvias, estão alertas e atentos ao desenrolar dos acontecimentos. Outros parceiros decidiram não alterar o rumo das campanhas, declararam apoio público ao Atleta Neymar Jr. e seguem firmes em seus projetos de fortalecimento das marcas. As equipes jurídicas da NR Sports e do Atleta estão com uma força tarefa para abreviar a conclusão dos procedimentos policiais e comprovar a sua inocência.

Passados alguns dias da divulgação das acusações, todas as evidências divulgadas convergem para a inarredável conclusão de que o Atleta Neymar Jr. foi vítima de “Denunciação Caluniosa”, crime que está sendo apurado pelas Autoridades Policiais. Até o presente momento esclarece a defesa do Atleta Neymar Jr. que não há nenhuma “denúncia” da prática de qualquer crime, como indevidamente veiculado. Foram apenas noticiados (Boletim de Ocorrência já divulgado) à Autoridade Policial os fatos com “acusações”, que estão em fase de investigação.

Na data de ontem o Atleta Neymar Jr. prestou depoimento no Procedimento Investigatório que apura eventuais consequências pela publicação do seu vídeo, elaborado e divulgado, como já exposto exaustivamente, em razão da repercussão mundial das notícias, das consequências devastadoras pela ausência de uma resposta pública e direta e, sobretudo, como a única forma de se defender das injustas acusações. Estamos seguros que em breve tudo será esclarecido.

Confira o momento exato em que Najila foi carregada pelo seu advogado:

Eduardo Martins / AGNEWS

Assista: Neymar Jr e Najila voltam a movimentar polêmica