Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Casalzão!

Após dar à luz, Yanna Lavigne escreve carta aberta para o marido, Bruno Gissoni: ''Eu vou com você até o fim''

Atriz Yanna Lavigne fez linda declaração para o marido, Bruno Gissoni, com quem tem duas filhas, Madalena e Amélia

CARAS Digital Publicado em 28/01/2022, às 11h31 - Atualizado às 12h09

Yanna Lavigne se declara para o marido, Bruno Gissoni, após nascimento da segunda filha - Reprodução/Instagram
Yanna Lavigne se declara para o marido, Bruno Gissoni, após nascimento da segunda filha - Reprodução/Instagram

Yanna Lavigne (31) usou suas redes sociais para declarar seu amor pelo marido, Bruno Gissoni (35)!

Nesta sexta-feira, 28, a atriz compartilhou cliques do amado e prestou uma linda homenagem após o nascimento da segunda filha do casal, a pequena Amélia. Os dois já são pais de Madalena (4).

Em seu feed no Instagram, a artista falou da cumplicidade do casal, da família que construíram e se derreteu ao recordar os motivos de ter se apaixonado por Gissoni. 

"Carta aberta para o pai das minhas filhas. Até parece título de um livro, mas é só mais uma declaração de... Amor, queria que você soubesse que diferente do que você pensa, eu não acho nada “maluquice” o que você se propõe a sonhar, eu acredito em você. Ontem, a cada nova ideia que você dizia, cada sonho pra ser alcançado, cada árvore a ser plantada, cada nova série roteirizada na sua cabeça, cada menos um voto no Bolsonaro a ser conquistado... era como se eu estivesse me apaixonando de novo. Te olhando com novos olhos, ou velhos olhos, que de tão velhos parecia como a primeira vez. Eu lembrei de tudo. O porquê de ter dito sim pra nossa história. Admiro todos seus devaneios, pois cada um deles faz me lembrar porque eu tô exatamente aqui", começou escrevendo Yanna Lavigne.

"É apaixonante ouvir você falar, com entusiasmo e ansiedade sobre um novo mundo que a gente tá tão perto, cada vez mais perto de alcançar. Maluquice é se conformar com o conforto de já ter vencido. De permanecer em uma zona medíocre de tantos “eu sei onde cheguei”. Ter chegado aonde? Pra você é muito longe. Talvez nem dentro desse planeta. Ou talvez dentro dele, mas precisa ter água potável, de preferência com nascente! Rs... Eu vou com você até o fim, até onde o beija flor que invadiu a porta da minha casa me levar. Eu falo isso com a convicção de quem gerou duas Bubuzinhas, duas frutas do nosso ventre. Te amo aqui até muito além da Era de Aquário que teima em não chegar", finalizou ela.

Confira a homenagem de Yanna Lavigne para Bruno Gissoni: