Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Antivacina, Djokovic é detido mais uma vez 2 dias antes de campeonato na Austrália

Tribunal irá decidir se Novak Djokovic vai ser deportado ou vai participar do início do Aberto da Austrália

CARAS Digital Publicado em 15/01/2022, às 11h36 - Atualizado às 11h40

Djokovic é detido novamente antes de julgamento decisivo - Reprodução/Instagram
Djokovic é detido novamente antes de julgamento decisivo - Reprodução/Instagram

O Aberto da Austrália terá seu início na próxima segunda-feira, 17, e contará com uma partida entre Novak Djokovic (34) e Miomir Kecmanovic (22).

Porém, o sérvio, que é o tenista número um do mundo, está tendo problemas no país oceânico por não ter tomado a vacina contra o coronavírus.

Na semana passada, ele já havia passado cinco dias em um centro de detenção de imigrantes em Melbourne e teve seu visto cancelado. 

Na última sexta-feira, 14, ele voltou ao lugar onde foi retido e seu caso foi passado para um tribunal federal, que vai decidir no próximo domingo, 16, se o atleta terá que voltar para seu país de origem ou poderá disputar no campeonato.

As autoridades australianas estão argumentando que a presença de Djokovic na competição pode estimular o sentimento antivacina e causar agitação social.

Novak está correndo o risco de ser banido da Austrália por três anos.