Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Saúde

Anitta desabafa após cirurgia: 'Esse pós é insuportável'

Anitta se pronuncia pela primeira vez após passar por cirurgia de endometriose e conta como está se sentindo

CARAS Digital Publicado em 22/07/2022, às 11h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Anitta - Foto: Reprodução / Instagram
Anitta - Foto: Reprodução / Instagram

A cantora Anitta (29) fez a primeira interação com os fãs desde que passou por uma cirurgia contra a endometriose nesta semana. A artista está internada em um hospital de São Paulo enquanto se recupera no pós-operatório.

Em um post no Twitter, a cantora desabafou sobre o momento difícil de sua vida. “Sei que vocês estão esperando eu aparecer mas está difícil, viu. Esse pós é insuportável. Correu tudo certo na cirurgia, agora é passar por essa fase extremamente ruim”, disse ela.

Na última quinta-feira, 21, o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, divulgou um boletim médico sobre a internação de Anitta. O documento informou que a artista está com uma evolução do quadro clínico considerada satisfatória, mas ainda não tem previsão de alta.

"O Hospital Vila Nova Star, da Rede D’or, informa que a artista Anitta permanece internada na unidade, localizada na zona sul da capital paulista. A paciente foi submetida na última quarta-feira (20/7) a um procedimento minimamente invasivo para tratamento de endrometriose (condição inflamatória originada pelo crescimento anormal de células do endométrio fora do útero). A evolução do quadro clínico da artista após a cirurgia é considerada satisfatória. Anitta está sob cuidados médicos da equipe chefiada pela professora doutora Ludhmila Hajjar e pelo diretor geral do hospital, Pedro Loretti. Até o momento, não há previsão de alta", declararam. 

Anitta revelou a luta contra a endometriose no início de julho

No início de julho, Anitta fez um desabafo nas redes sociais para contar que foi diagnosticada com endometriose após passar vários anos sofrendo com cólicas e dores.

"Vou compartilhar uma coisa com vocês que na época fiquei sem reação, mas agora eu tenho um laudo para rebater. Uma vez eu falei num podcast ou alguma outra entrevista, que não lembro agora, que eu sofria de uma cistite de lua de mel terrível. Toda vez que eu tinha relação com o 'piu piu' mais avantajado, eu não tinha condições nem de andar no dia seguinte ou 48h depois de tanta dor".

"Acreditem, a dor é tão ruim que você quer fazer de tudo para que isso passe. Então, obviamente, nesses meus nove anos de luta eu passei foi por gente me dizendo as mesmas coisas e nada de resolver".

"Fui ficar com meu pai no hospital aquela vez. Comentei com minha querida amiga anja Dra que comanda tudo lá que eu estava em tempo de morrer de dor. Ela fez meu milionésimo exame e pela milionésima vez: não tem bactéria. Nunca teve em nenhum dos exames. A doutora (enviada pelo meu anjo da guarda só pode), fez na mesma hora uma ressonância em mim e estava la. ENDOMETRIOSE. No dia seguinte ela me levou em um especialista em endometriose. Fizemos os outros exames necessários pra ter certeza e aí está".

Siga a CARAS no Helo e acompanhe nosso conteúdo!