CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Atualidades / Eita!

Amiga de Walewska se choca com declaração de viúvo sobre a ex-atleta: ''Não fecha''

Melhor amiga de Walewska se choca com informação dado pelo marido de ex-atleta à polícia e nega ter percebido depressão da falecida

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 03/10/2023, às 12h07

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Amiga de Walewska se choca com morte e suposto consumismo da ex-atleta - Reprodução/Instagram
Amiga de Walewska se choca com morte e suposto consumismo da ex-atleta - Reprodução/Instagram

A melhor amiga de Walewska, Elisangela Almeida de Oliveira, a Lili, surpreendeu com algumas revelações ao UOL. Na entrevista, ela contou que a ex-jogadora não dava indícios de problemas com a saúde mental e que ficou chocada com a declaração do marido dela, Ricardo Mendes, sobre a atleta ser consumista.

Após o falecimento da campeã olímpica com a Seleção Brasileira na quinta-feira, 21, aos 43 anos, depois de cair do 17º do prédio que morava no bairro dos Jardins, em São Paulo, o esposo dela declarou para a polícia que a atleta tinha problemas de ser consumista.

Lili então se mostrou surpresa com a declaração do corretor de imóveis. "Me chocou quando este boletim de ocorrência caiu na imprensa. A pessoa está casada com a outra e não tenta impedir o consumista de parar de gastar? Essa conta, na minha cabeça, não fecha. Sinceramente", comentou.

Uma das jogadoras mais bem pagas, chegando a ganhar até 80 mil reais por mês, Walewska gostava de cuida da aparência, segundo a amiga disse ao UOL. "A Wal sempre foi vaidosa, gostava de se vestir bem, de comer bem, mas ela podia se dar esse luxo. Agora, sempre com muito pé no chão. Ela chegou a fazer alguns bons investimentos e apresentou pessoas ligadas ao mercado financeiro e de investimentos pra gente, também", contou.

Desconhecia depressão

A amiga da ex-jogadora também se mostrou surpresa com a morte, dizendo não ter percebido uma depressão. "Foi um susto pra mim. A Waleswka nunca deixou em transparecer nada em respeito a depressão ou que estivesse passando por algum problema grave. Eu ainda custo acreditar que ela atentou contra a própria vida", declarou.

E acrescentou: "Eu durmo em paz. Tenho a certeza absoluta que nunca negligenciei a amizade, nunca achei que algo não ia bem nos momentos em que estávamos juntas. Pelo contrário, ela nunca deixou transparecer nada de problema com a saúde mental. Ela não era depressiva, nunca, isso eu garanto. Além do mais, eu saberia se ela estivesse chateada com algo".

Lili também revelou ao UOL que Walewska tinha o sonho de ser mãe, tendo até um enxoval guardado para quando ficasse grávida.

Em carta aberta, pais de Walewska falam sobre a morte da filha

Na noite de quarta-feira, 27, dona Aparecida e seu Geraldo Oliveira, pais da ex-jogadora de vôlei Walewska Oliveira (1979 - 2023) falaram sobre a morte da filha. A campeã olímpica com a Seleção Brasileira faleceu na última quinta-feira, 21, aos 43 anos, após cair do 17º do prédio que morava no bairro dos Jardins, em São Paulo. 

Por uma carta aberta postada no perfil do Instagram da ex-atleta, eles lamentaram a morte precoce da filha, e agradeceram as mensagens de apoio dos amigos e fãs. Além disso, eles também falaram sobre a missa de sétimo dia. 

"CARTA AOS FÃS E AMIGOS: 'Foi com imenso sofrimento e pesar que nós, Geraldo e Aparecida, recebemos a notícia do falecimento precoce da nossa filha tão amada. Wal foi uma menina que nunca se afastou da sua origem, sempre humilde e cuidadosa com todos", afirmaram no começo do texto. 

Além dos pais, o empresário Ricardo Mendes, marido de Walewska, também se pronunciou sobre a morte da ex-jogadora dias após ter ficado em silêncio. Em conversa com a colunista Fábia Oliveira, do site Metrópoles, ele contou sobre como está se sentindo após a tragédia.

Veja a carta completa: