Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Pediu desculpas!

Adriane Galisteu se desculpa após usar termo racista: ''Essa não sou eu''

Adriane Galisteu se desculpou após deixar um comentário sobre amamentação em uma publicação de Nanda Costa

CARAS Digital Publicado em 28/02/2022, às 16h15

Adriane Galisteu se desculpa após usar termo racista: ''Essa não sou eu'' - Reprodução/Instagram
Adriane Galisteu se desculpa após usar termo racista: ''Essa não sou eu'' - Reprodução/Instagram

Adriane Galisteu(48) usou as redes sociais nesta segunda-feira, 28, para pedir desculpas após usar um termo considerado racista. 

Através do Stories do Instagram, a apresentadora gravou um vídeo para falar sobre o comentário que deixou em uma publicação da atriz Nanda Costa(35), que falava sobre amamentação. Na ocasião, ela utilizou o termo "ama de leite". 

"Passando para pedir desculpa por um termo errado, inadequado que eu usei quando estava falando sobre amamentação em um post da Nanda Costa. A quem eu magoei, me perdoe pela minha ignorância", disse ela, afirmando que não é racista. 

No comentário, Galisteu escreveu que teve "ama de leite ajudando a lidar" para ajudar na amamentação do filho. "Não adianta que não vou vestir um terno que não cabe em mim. Se tem um terno que não veste em mim é o de racista e preconceituosa. Essa não sou eu e esse terno eu não visto de jeito nenhum", garantiu a apresentadora, mãe de Vittorio (11).

O termo "ama de leite" se refere às escravas que alimentavam os filhos das mulheres brancas, quando elas não podiam amamentar os bebês. Adriane usou o termo ao dividir um relato sobre a amamentação de seu filho. "Eu fui toda animada e feliz, quando me dei conta tinha ama de leite em casa me ajudando a lidar. Não foi fácil, não", escreveu ela em uma publicação de Nanda.

Confira o comentário de Galisteu:

Instagram

Reprodução/Instagram