Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

UNIÃO PELA MÚSICA E BOA AÇÃO NO DF

Lúcia Flecha de Lima e Flávia Peres Arruda aplaudem as Supremas

Redação Publicado em 29/12/2008, às 19h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Mais do que uma amizade de longo tempo, as empresárias Cláudia Fittipaldi Salomão (38) e Marina Slaviero (38), a jornalista Paula Santana (39) e as atrizes Virna Smith (39) e Narcisa Leão (39) agora têm outro laço que as une: a música. É que elas resolveram formar um grupo musical chamado Supremas. A estreia foi no Hill Music Bar, no Lago Sul, em Brasília "As pessoas não têm que sentir medo de correr atrás dos sonhos. O meu era de cantar. E o das meninas também. Então, fomos na raça e na coragem mesmo. Sou atriz, mas esta é a primeira vez que me apresento como cantora. A adrenalina que senti foi surreal", garantiu Narcisa Leão. Além de conferir de perto o entrosamento das meninas, os convidados da noite ainda fizeram uma boa ação, pois toda a renda com a venda dos ingressos foi revertida para o Lar dos Velhinhos, que é assistido pela Casa do Candango. Entre os presentes, estavam a primeira-dama do DF, Flávia Peres Arruda (29), e a embaixatriz Lúcia Flecha de Lima (66), presidente da Casa do Candango. "Não podia deixar de vir e apoiar esta iniciativa. Só posso felicitar estas mulheres que, mesmo sendo tão envolvidas e ocupadas com suas profissões, dedicaram parte do tempo em prol de uma causa nobre", disse Flávia Arruda."Final de ano todo mundo se lembra de ajudar as crianças, por isso decidimos cuidar dos velhinhos. E, se podemos fazer uma coisa prazerosa como cantar se reverter em algo positivo para a nossa sociedade, melhor ainda", completou Cláudia Fittipaldi Salomão. Viviane Piquet (37) e o marido, o tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet (56), também prestigiaram as amigas. "Fiquei muito orgulhosa de ver a minha irmã Narcisa cantando, e bem feliz que todas elas tenham conseguido realizar este show. Foi ótimo", elogiou Viviane. Além do casal, Cristiane Constantino Foresti (41), Liliane Roriz (39), o cerimonialista César Serra (41) e o promotor Júlio Faria curtiram cada minuto da apresentação. Para enfrentar o desafio de fazer um show para cerca de 200 pessoas, o quinteto ensaiou desde julho do ano passado. "Tirando Virna e Narcisa, nenhuma de nós tinha experiência de palco. E levamos a sério. Tivemos um professor de canto e fomos aprendendo a colocar a voz. Isso me deu coragem de cantar Tudo Bem sozinha. Ensaiamos só dois dias com a banda, mas ficamos bastante satisfeitas com o resultado", avaliou Marina Slaviero, referindo-se ao hit de Lulu Santos (55). O repertório foi montado de acordo com o gosto das integrantes. Cada uma sugeriu a sua lista de músicas favoritas e, no final, a apresentação tinha um mix de estilos. De Elis Regina (1945-1982) a Ivete Sangalo (36), passando por Frenéticas, Chico Buarque (64), Pitty (31), Gonzaguinha (1945-1991), Rosana (45), Roberto Carlos (67) e Sidney Magal (55). O sucesso desta primeira empreitada animou as Supremas, que já pensam em novas apresentações para 2009. "Estamos recebendo ligações solicitando novos shows. Não temos pretensão de nos lançar como profissionais, mas pelo menos uma vez por ano queremos continuar nos reunindo e cantando para os amigos", concluiu Paula Santana, fascinada com o novo talento que descobriu.