Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Traição: Bruno Gissoni confessa que já traiu e diz: ‘Não recomendo isso para ninguém’

Bruno Gissoni admitiu que já traiu, mas se arrepende. Já Duda Nagle afirmou que nunca cometeu esse erro e que não perdoaria se fosse traído.

Redação Publicado em 17/12/2012, às 22h56 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Bruno Gissoni - TV Globo / João Cotta; TV Globo / Alex Carvalho
Bruno Gissoni - TV Globo / João Cotta; TV Globo / Alex Carvalho

Bruno Gissoni (26) confessou que já foi infiel em um relacionamento. “Eu traí porque estava terminando, o namoro estava muito ruim. A gente já ia terminar, mas só que antes eu acabei traindo”, disse ele em uma entrevista no Projac, mas garantiu que se arrependeu: “Não foi uma coisa legal o que eu fiz. Quando você trai, não confia mais e quando você é traído, perde a confiança, perde o carinho, o respeito a admiração”.

Mesmo tendo cometido o erro, o jogador de futebol de Avenida Brasil afirmou que não perdoou quando descobriu uma traição. “Não perdoei e acho que não perdoaria de novo. Talvez daqui a uns cinco anos, quando as pessoas estiverem mais maduras, mais seguras, em outra fase da vida, a gente possa conversar sobre isso”, disse ele.

Johnny Massaro (20) e Sidney Sampaio (32) também revelaram que foram desleais em um namoro.

Traí uma vez, sim. Na verdade, nada justifica uma traição. Eu acho que de fato eu errei, mas também não estava rolando”, contou Johnny, que se justificou: “Eu não fui infiel com os meus sentimentos. Eu não amava mais, não gostava mais e rolou”.

Já Sidney revelou que em sua opinião isso não é motivo para terminar um relacionamento. “Já traí e fui perdoado e também já perdoei uma traição”. Para ele, mais importante do que fidelidade, é conhecer bem a pessoa que está do seu lado para não ter surpresas.

Mais radical, Duda Nagle (29) afirmou que nunca cometeu esse deslize. “Nunca traí, mas é difícil de acreditar, né? Para mim, quem trai é uma pessoa fraca”, sentenciou ele, dizendo também que nunca descobriu uma traição. “Se fizeram foi bem feito! Não acho perdoável uma traição. Acho que não faz sentido você viver com uma pessoa em quem você não pode confiar. Mas eu sou bem extremo, bem radical nesse sentido”, afirmou ele.