Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Tiago Santiago deseja que ‘Amor e Revolução’ seja reprisada em 2014

Tiago Santiago gostaria que sua novela ‘Amor e Revolução’ fosse reprisada pelo SBT em 2014, nos 50 anos da Ditadura. A trama chega ao final nesta semana

Redação Publicado em 29/12/2011, às 00h49 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Tiago Santiago - Onofre Veras / AgNews
Tiago Santiago - Onofre Veras / AgNews

A novela do SBT Amor e Revolução chega ao final na próxima semana. Apesar de polêmica, a primeira trama escrita por Tiago Santiago (48) para a emissora de Silvio Santos (81) não obteve o êxito de emplacar na audiência.

"Foi minha novela de menor média de audiência, a mais política e a de temática mais adulta", avaliou Santiago em sua conta do Twitter nesta quarta-feira, 28.

Mesmo assim, o autor se considera orgulhoso por ter escrito a primeira novela que abordou a história da ditadura no Brasil e exibiu o primeiro beijo homossexual da teledramaturgia brasileira.

"Espero que Amor e Revolução seja reprisada em 2014, nos 50 anos da Ditadura", disse Santiago.

A próxima novela do SBT do horário nobre será Corações Feridos, que tem estreia marcada para o início de janeiro.