Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Susana Werner defende futebol feminino

Susana Werner criticou o fim do Futebol Feminino do Fluminense pelo Twitter e falou sobre sua trajetória no time

Redação Publicado em 06/07/2011, às 14h44 - Atualizado às 15h31

Susana Werner - Ag.News
Susana Werner - Ag.News

Uma das responsáveis pela criação do Futebol Feminino do Fluminense, em 1997, Susana Werner se revoltou com a notícia de que o clube carioca decidiu acabar com sua escola de futebol para meninas. Pelo Twitter, ela protestou:

“Gente, que absurdo é esse de acabarem com o Futebol Feminino do Fluminense???”, escreveu Susana, que contou um pouco de sua história com o clube: “O Futebol Feminino do Fluminense é nada mais do que uma escolinha de futebol aonde as meninas pagam para treinarem numa quadra. O time feminino do Flu nasceu em 1997, pois eu e Denise [Liporati, antiga gerente de marketing do time] fizemos uma estratégia de marketing com o então presidente para atrairmos torcedores para o estádio das laranjeiras, uma vez que o time estava caindo para a segunda divisão e precisávamos de apoio.”

Susana afirmou que nunca teve apoio para seguir em frente com o futebol feminino. “Pelo contrário, demos nosso suor, levamos o nome do Fluminense até para a CNN como um time bonito de se ver jogar, em todos os sentidos. Naquela época, o apoio era: poder treinar no campo antes do time principal. Viajávamos pelo Brasil inteiro como um time a ser "batido". Claro que eu carregava o nome do time: era o time da Susana Werner, mas para mim era tudo uma brincadeira e meu cachê era dividido entre todas. Nunca falei sobre isso, mas agora to extremamente triste, estarrecida com esta decisão boba do novo presidente.”

A mulher do goleiro Júlio César também defendeu o técnico Michael Marcones, que treinava as jogadoras. “Bom, isso esta é estranho. Vamos ver no que vai dar e rezar para que não estejamos nas mãos do machismo e capitalismo”, finalizou.