Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

'Sthefany estar trabalhando é uma vantagem para o Pato', diz advogado

João Paulo Lins e Silva, advogado de Alexandre Pato, contou a CARAS Online as novidades do processo de divórcio do jogador e da atriz e sobre as vantagens de Sthefany estar trabalhando

Redação Publicado em 03/06/2011, às 19h21 - Atualizado às 19h26

Alexandre Pato - Cityfile
Alexandre Pato - Cityfile
A chegada de Alexandre Pato no Brasil na última semana aumentou os rumores de que, além de vir ao país para se tratar, o jogador estivesse envolvido no andamento no seu divórcio com Sthefany Brito, com quem foi casado durante nove meses. João Paulo Lins e Silva, advogado do atacante do Milan, afirma que o jogador veio apenas para cuidados médicos. "Alexandre Pato está no Brasil exclusivamente para tratar da lesão no ombro com o médico da Seleção Brasileira de Futebol, Dr. José Luiz Runco. Ele viria ao país para o amistoso da Seleção, mas como se machucou, veio para o tratamento e isso não tem nada a ver com o divórcio. A partir de agora, o andamento do processo independe da presença física dele", pontuou. Segundo o advogado, o fato de Sthefany, que recebe uma pensão alimentícia de 50 mil reais por mês desde março, estar confirmada na próxima novela das 6 da Rede Globo, A Vida da Gente, pode ser um ponto positivo para seu cliente. "A pensão alimentícia é baseada no valor que o Pato pode pagar e no que a Sthefany tem necessidade de receber. O fato de ela estar trabalhando é um ponto positivo considerável porque o valor pode ser recalculado, já que ela está sendo remunerada. Mas isso não é algo garantido e também não é algo que se altera da noite para o dia". Apesar do andamento acelerado do processo, a sentença final está um pouco distante. "Entramos com um recurso após a decisão de março, mas o processo ainda não chegou ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e deve demorar uns 30 dias para isso acontecer. Depois disso, saberemos a data do julgamento desse processo, que deve ser uns cinco meses depois. Só terei uma posição sobre a resolução do caso quando o processo entrar no Tribunal de Justiça". Pato e Sthefany se casaram em julho de 2009 e se separam nove meses depois. Atualmente, o jogador namora Barbara Berlusconi, filha do primeiro-ministro e dono do Milan, Silvio Berlusconi.