Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

SPRING 2007 PRÊT-À-PORTER VIKTOR & ROLF

Neste cabaré eu não entro...

<img src="/imagens/2484/20080918120000_2484_thumbnail.jpg" border="0" alt="Regina Guerreiro" align="left"> Regina Guerreiro Publicado em 12/04/2007, às 17h22

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
SPRING 2007 PRÊT-À-PORTER VIKTOR &amp; ROLF
SPRING 2007 PRÊT-À-PORTER VIKTOR &amp; ROLF
Tem gente que ama. Tem gente que odeia. O humor-fashion da dupla é mesmo afiado demais e acaba "cortando" umas e outras. Viktor & Rolf podem ser dramáticos, teatrais, de repente até kitsch no limite... sabe como? Vai daí que neste verão 2007 (que está quasequase pintando em Paris) acontecem altos altíssimos e - que pena! - baixos "baixinhos"... Ambiguidade, androgenia, futurismo, romantismo, experimentalismo, exageros (desesperos??), em ritmo de Cabaré-Fashion. The best?O smocking negro, masculino/feminino, retumbante com suas calças espaçosas e seu paletó ombro a ombro, decote "dentes de serra". Nudez X formalismo, that's it. Anyway, sorry, lembra um pouco os looks "agudos" do auge do Thierry Mugler, no apocalipse dos anos 80. Ah, nunca esqueci - nem vou esquecer - o UAU que foi um decote do Thierry, que acabava em loucas labaredas... A poção mulher do look smocking aparece no top transparente e (ui!) ricamente cristalizado e pronto! Aliás, nunca vi tanto cristal na vida. Quase "pedregulhos" imensos faíscam nos colares, nos peitilhos dos modelitos, e até nas meias transparentes que, tadinhas, devem se despedaçar já na noite da estréia, sabe como? Saltos-boules, efeito cristal, mas devem ser acrílicos, claro... deu certo. Depois? Franjas cascateantes, feitas de fios de seda, com cristal, sem cristal, balançam nas mangas de uma camisa branca, na saia longa de um vestido, num decote (até bonito) e, credo!, num trench coat infeliz, franjado de alto a baixo (difícil de usar e - socorro!- facílimo de prender você na maçaneta de uma porta... Para as Patricinhas, vestidinhos-bailarinas. Saias curtas, recheadas de tutus. O que mais?? No pior do pior fashion-victim-style, os leggings e bodies, colados/estrelados/exagerados. Já pensou uma gordinha, balançando - passo a passo - suas "constelações pneumáticas". Aiaiai, todo cuidado é pouco queridinha: essa Guerra nas Estrelas tem tudo pra ficar cafona, tem tudo para não dar certo. FOTOS:MARCIO MADEIRA